Ciclo 20 Anos de Cinema Português | André Guiomar

Hoje, 2 de Julho, o Ciclo 20 Anos de Cinema Português é dedicado ao realizador Portuense André Guiomar. São exibidos 3 filmes, onde nos será possível observar a evolução deste realizador, em projectos e contextos distintos, durante a transição da academia para a sua actividade profissional. A sessão começa às 22:00, no Mini-Auditório Salgado Zenha, e a entrada é livre.

André Guiomar nasceu em 1988, e vive na cidade do Porto, Portugal. É Licenciado em “Som e Imagem”, e Mestre em “Cinema e Audiovisual” pela Universidade Católica de Portugal. Trabalhou no Cimbalino Filmes em projetos audiovisuais e Vídeo Mapping. Especializou-se em Realização e Direcção de Fotografia. Realizou e fotografou a curta-documentário Piton que foi seleccionada para vários festivais de cinema e com a qual ganhou alguns prémios.A sua primeira longa-metragem como diretor de fotografia e editor foi um documentário chamado “A Mãe e o Mar” realizado por Gonçalo Tocha.

Torres, um curta-metragem seleccionada nos XX Caminhos do Cinema Português, é a sua primeira experiência enquanto realizador de ficção.

Ele também trabalhou como câmera na curta-metragem Bicicleta de Luis Viera Campos que foi rodado no Bairro do Aleixo, Porto. Depois dessa experiência, ele decidiu começar um documentário sobre este Barro que provavelmente será chamado “A Nossa Terra, O Nosso Altar”.

Torres
Na transição entre a adolescência e a idade adulta, a identidade modela-se às vontades. No tempo em que a sociedade cresce em altura, a terra é difícil de pisar.

Realização
André Guiomar

Produtora
Cimbalino Filmes, Porto

Duração
13’14”

Argumento
André Guiomar

Actor Principal
JOÃO COUCEIRO E CASTRO

Actores Secundários
DINIS HENRIQUES, GABRIELA ALMEIDA, RICARDO CLARA, SIMONE ALMEIDA, JOÃO ALMEIDA

Direcção de Fotografia
André Guiomar e Simone Almeida

Direcção de Som
Dinis Henriques

Montagem
André Guiomar

Produtor
Mafalda Rebelo e André Guiomar

Produção
Cimbalino Filmes

Data de Conclusão
08/23/2013

“Paulo Neves – Cucujães o Centro do Meu Mundo”
“Paulo Neves – Cucujães o Centro do Meu Mundo”, parece um título demasiado grande, porém para dizer algo bem mais simples. Este documentário observacional mostra-nos a vida e obra do pintor e escultor Paulo Neves. Cucujões é o local onde vive. Chama-lhe o centro do seu mundo. Podendo escolher sobre trabalhar na madeira ou na pedra, o seu dia a dia vai-se sempre modificando, quebrando a monotonia. De espírito descontraído e bem disposto, Paulo Neves ofereceu-nos uma oportunidade para contactarmos com a sua pessoa. Deu-nos a oportunidade de passarmos para imagem, uma certa perspectiva sua de ver a arte.

Realização
André Guiomar, Miguel da Santa e Vasco Pucarinho

Duração
17’

Produção
Fantasporto, Universidade Católica

Piton
No Boxe, a dualidade entre a violência de um confronto humano e um movimento corporal em perfeita sintonia com a mente, faz com que um combate pareça uma coreografia de dança. Neste documentário sobre boxer Juliana Rocha, conhecida como Pitão, filmado a preto e branco, pretende-se demonstrar a perspectiva de um deporto conhecido como violento mas praticado por uma pugilista feminina. Através de entrevistas ao pai e treinador contámos a história e motivações da campeã. Acompanhado a sua rotina e os seus combates, documentamos a grandeza de um desporto praticado no feminino, na sua plenitude.

Realização
André Guiomar

Produção
Universidade Católica do Porto

Duração
19’56’’
http://i0.wp.com/caminhos.info/wordpress/wp-content/uploads/facebook_event_178005512394830.jpg?fit=1024%2C1024

— Originalmente publicado em http://bit.ly/1CMSKbS