Pintando as personagens além do guião

Apro­xi­ma­mos-nos cada vez mais da der­ra­dei­ra eta­pa de mate­ri­a­li­za­ção do argu­men­to de “A Cos­tu­rei­ri­nha” num fil­me. Antes de entrar­mos em roda­gem des­ta cur­ta metra­gem, pro­du­zi­da no âmbi­to da XIX Sema­na Cul­tu­ral da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra, ain­da há um lar­go cam­po de tra­ba­lho por defi­nir. A 25 de feve­rei­ro rece­be­mos a visi­ta de Hele­na Batis­ta, sócia-geren­te da Sin­co­lour — Carac­te­ri­za­ção e Maqui­lha­gem, Lda. Hele­na ini­ci­ou a sua car­rei­ra na carac­te­ri­za­ção e maqui­lha­gem na área cine­ma­to­grá­fi­ca e audi­o­vi­su­al em 1989, ten­do sido co-pre­mi­a­da em 2014 nos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês pelo seu tra­ba­lho em “Frá­gil Som do Meu Motor”. Ao lon­go da sua car­rei­ra cola­bo­rou com rea­li­za­do­res como Mano­el de Oli­vei­ra, Tere­sa Vil­la­ver­de, Vale­ria Sar­mi­en­to, Cha­no Piñe­ro ou Jeró­ni­mo Rocha.

+ em: Pin­tan­do as per­so­na­gens além do guião