Júri Internacional FICC/IFFS

Centro de Estudos Cinematográficos
O Pré­mio D. Qui­jo­te é um pré­mio da FICC — Fede­ra­ção Inter­na­ci­o­nal de Cine­clu­bes, atri­buí­do em fes­ti­vais de cine­ma sele­ci­o­na­dos pela Fede­ra­ção Inter­na­ci­o­nal de Cine­clu­bes. O Júri FICC/IFFS é com­pos­to por ciné­fi­los de qual­quer país do mun­do, apu­ra­dos entre as can­di­da­tu­ras das vári­as Fede­ra­ções Naci­o­nais de Cine­clu­bes.

O por­tu­guês Car­los Coe­lho, o noru­e­guês Odd Vaa­gland e o afe­gão Abdul Malek Ghu­lam Hus­sin são os nome­a­dos Júri FICC da 23ª edi­ção dos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês.

A Sele­ção Cami­nhos, além dos pré­mi­os atri­buí­dos pelo Júri da Sele­ção Cami­nhos, é tam­bém ava­li­a­da pelo Júri do Pré­mio de Impren­sa CISION, bem como pelo Públi­co e pelo Júri FICC. Para o Pré­mio D. Qui­jo­te estão ele­gí­veis os fil­mes pre­sen­tes em com­pe­ti­ção na Sele­ção Cami­nhos, que este­jam legen­da­dos em fran­cês ou inglês, ou ausen­tes de diá­lo­gos.

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Júri Inter­na­ci­o­nal FICC/IFFS.