PORTUGUESES NO GO SHORT" />PORTUGUESES NO GO SHORT">PORTUGUESES NO GO SHORT"/>

12 PORTUGUESES NO GO SHORT

Para a Competição Europeia do Festival foram selecionadas as obras ANTÃO, O INVISÍVEL, de Maya Kosa e Sérgio da Costa (Suíça/Portugal); COUP DE GRÂCE, de Salomé Lamas; ÁGUA MOLE, de Laura Gonçalves e Alexandra Ramires (Xá); FLORES, de Jorge Jácome; MIRAGEM MEUS PUTOS, de Diogo Baldaia; O HOMEM ETERNO, de Luís Costa; UBI SUNT, de Salomé Lamas.

Para a Com­pe­ti­ção Euro­peia do Fes­ti­val foram sele­ci­o­na­das as obras ANTÃO, O INVISÍVEL, de Maya Kosa e Sér­gio da Cos­ta (Suíça/Portugal); COUP DE GRÂCE, de Salo­mé Lamas; ÁGUA MOLE, de Lau­ra Gon­çal­ves e Ale­xan­dra Rami­res (Xá); FLORES, de Jor­ge Jáco­me; MIRAGEM MEUS PUTOS, de Dio­go Bal­daia; O HOMEM ETERNO, de Luís Cos­ta; UBI SUNT, de Salo­mé Lamas.

ONDE O VERÃO VAI (EPISÓDIOS DA JUVENTUDE), de David Pinhei­ro Vicen­te e DE MADRUGADA, de Inês de Lima Tor­res, foram sele­ci­o­na­dos para a Com­pe­ti­ção de Estu­dan­tes.

De des­ta­car, igual­men­te, a sele­ção de Ber­nar­do Lopes para o GO SHORT Cam­pus, dire­ci­o­na­do para o desen­vol­vi­men­to de pro­je­tos de cur­ta-metra­gem, onde o jovem rea­li­za­dor por­tu­guês vai estar a desen­vol­ver o seu pró­xi­mo pro­je­to, MOÇO.

A BRIEF HISTORY OF PRINCESS X e OS HUMORES ARTIFICIAIS, de Gabri­el Abran­tes, foram tam­bém sele­ci­o­na­dos para a 10.ª edi­ção do Fes­ti­val holan­dês, incluí­dos em pro­gra­mas espe­ci­ais, res­pe­ti­va­men­te, Late Night e Spo­tlight (mos­tra de fil­mes nome­a­dos para os Euro­pe­an Film Awards, na cate­go­ria de melhor cur­ta-metra­gens).

Nos cin­co dias do fes­ti­val serão apre­sen­ta­das mais de 500 cur­tas-metra­gens, entre as quais as 101 obras em com­pe­ti­ção, sele­ci­o­na­das a par­tir de mais de 2500 fil­mes sub­me­ti­dos a apre­ci­a­ção.

Conhe­ça a pro­gra­ma­ção com­ple­ta do fes­ti­val.

Fon­te.