As Estruturas Narrativas por Daniel Ribas

Centro de Estudos Cinematográficos
A 1 de maio o cine­ma­lo­gia rece­be Dani­el Ribas con­cluin­do-se a ofer­ta for­ma­ti­va teó­ri­ca des­ta oita­va edi­ção do cur­so de cine­ma – Cine­ma­lo­gia. O obje­ti­vo das pró­xi­mas oito horas é per­ce­ber as fer­ra­men­tas e meto­do­lo­gi­as para a cons­tru­ção do sen­ti­do fíl­mi­co para o espe­ta­dor. As ins­cri­ções ain­da se encon­tram dis­po­ní­veis.

A huma­ni­da­de sem­pre pro­cu­rou for­mas dife­ren­tes con­tar his­tó­ri­as. A arte dra­má­ti­ca – isto é, a arte de con­tar his­tó­ri­as – tem tam­bém a sua His­tó­ria. Vere­mos, nes­te módu­lo, de que for­ma a nar­ra­ti­va se orga­ni­za em con­tex­to cine­ma­to­grá­fi­co. Fala­re­mos, nes­te con­tex­to, do con­cei­to de nar­ra­ti­va fíl­mi­ca e da for­ma como o cine­ma cons­trói sen­ti­do para o espec­ta­dor. Des­sa dis­cus­são, par­ti­re­mos para o deta­lhe da estru­tu­ra da nar­ra­ti­va num fil­me, divi­din­do em dois mode­los dife­ren­tes: o da lon­ga-metra­gem e o de cur­ta-metra­gem, ana­li­san­do, atra­vés de exem­plos, a for­ma como o cine­ma con­ta his­tó­ri­as.

Par­tin­do da mes­ma base, “O Silên­cio dos Ino­cen­tes”, de Jonathan Dem­me, os alu­nos terão opor­tu­ni­da­de de ana­li­sar a nar­ra­ti­va fíl­mi­ca, o seu mun­do e as suas estru­tu­ras. Have­rá ain­da tem­po para a aná­li­se crí­ti­ca do tra­ba­lho prá­ti­co desen­vol­vi­do ao lon­go do cur­so.

Daniel Ribas

Daniel RibasProgramador / Investigador

Nas­ceu e vive no Por­to. É dire­tor e pro­gra­ma­dor do Porto/Post/Doc. É tam­bém cola­bo­ra­dor do Cur­tas Vila do Con­de. Atu­al­men­te, é pro­fes­sor de cine­ma da Esco­la das Artes da Uni­ver­si­da­de Cató­li­ca Por­tu­gue­sa e mem­bro do CITAR – Cen­tro de Inves­ti­ga­ção em Ciên­cia e Tec­no­lo­gia das Artes. É Dou­tor em Estu­dos Cul­tu­rais pelas Uni­ver­si­da­des de Avei­ro e do Minho. Tem escri­to diver­sos arti­gos e capí­tu­los de livros sobre cine­ma por­tu­guês con­tem­po­râ­neo, cine­ma expe­ri­men­tal e docu­men­tá­rio. Mem­bro fun­da­dor e Pre­si­den­te da atu­al dire­ção da AIM — Asso­ci­a­ção de Inves­ti­ga­do­res da Ima­gem em Movi­men­to.

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: As Estru­tu­ras Nar­ra­ti­vas por Dani­el Ribas.