Programa das Fusões no Cinema


O V Sim­pó­sio Fusões no Cine­ma,  inte­gra­do no pro­gra­ma do fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, irá  ocor­rer nos dias 23 e 24 de novem­bro no Museu da Cha­pe­la­ria em São João da Madei­ra.

Dia 23, às 14h30 horas, será inau­gu­ra­da a Expo­si­ção Come­mo­ra­ti­va dos 30 anos da Uni­ver­si­da­de Aber­ta, seguin­do-se a ses­são de aber­tu­ra às 15h00. O momen­to inau­gu­ral do fes­ti­val con­ta­rá com a pre­sen­ça do pre­si­den­te da Câma­ra Muni­ci­pal de São João da Madei­ra, Jor­ge Sequei­ra, com Domin­gos Caei­ro, vice-rei­tor da Uni­ver­si­da­de Aber­ta (UA), Antó­nio Morei­ra, coor­de­na­dor exe­cu­ti­vo UMCLA (UA) e do dire­tor do fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, Vítor Fer­rei­ra. Duran­te o res­tan­te dia, será apre­sen­ta­do o livro “Fusões no Cine­ma: Edu­ca­ção, Didá­ti­ca e Tec­no­lo­gia. Abor­da­gens Teó­ri­cas e Meto­do­ló­gi­cas” que inte­gra os melho­res tra­ba­lhos da 4.ª edi­ção do Sim­pó­sio, bem como serão exi­bi­das em ante-estreia duas cur­tas-metra­gens pro­du­zi­das no Cur­so de Cine­ma “do pen­sa­men­to à ação” pro­mo­vi­do pela Uni­ver­si­da­de Aber­ta, com o apoio do Ins­ti­tu­to do Cine­ma e Audi­o­vi­su­al, da Câma­ra Muni­ci­pal de São João da Madei­ra e dos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês.

A con­fe­rên­cia inau­gu­ral será pro­fe­ri­da por Cláu­dia Har­dagh, Uni­ver­si­da­de Pres­bi­te­ri­a­na Mac­ken­zie, Bra­sil, com o tema “Peda­go­gia Maker e o Pro­ces­so Cons­tru­ti­vo de Rotei­ro Audi­o­vi­su­al”. Seguir-se-á a mesa “His­tó­ria, Lite­ra­tu­ra e Cine­ma” onde se inclu­em três con­fe­rên­ci­as; Trans­po­si­ção do mito ine­si­a­no: da lite­ra­tu­ra ao cine­ma, por Gló­ria Fer­rei­ra co-argu­men­tis­ta de “Pedro e Inês”, de Antó­nio Fer­rei­ra, “Capi­tão Fal­cão ou o “esva­zi­a­men­to” da His­tó­ria?” por Pau­lo Cunha, da Uni­ver­si­da­de da Bei­ra Inte­ri­or, “Cine­ma e cen­su­ra do Libe­ra­lis­mo ao Esta­do Novo. Uma impro­vá­vel con­ti­nui­da­de entre regi­mes opos­tos” por Jor­ge Sea­bra da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra, “The Grand Buda­pest Hotel: iden­ti­da­de, his­tó­ria e memó­ria”, por Maria do Céu Mar­ques da Uni­ver­si­da­de Aber­ta. Antes de se exi­bir um con­jun­to de cur­tas-metra­gens pro­du­zi­das pelo Cine­clu­be de Arou­ca há espa­ço para a comu­ni­ca­ção “O Nas­ci­men­to de uma Nação em Vídeo: O Arqui­vo do Cen­tro Audi­o­vi­su­al Max Stahl de Timor-Les­te”, pro­fe­ri­da pelo Vice-Rei­tor da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra, Joa­quim Ramos de Car­va­lho

No dia seguin­te, irão ocor­rer qua­tro ses­sões para­le­las resul­tan­tes do pro­ces­so de “call for papers”, bem como dois  workshops; Workshop Nar­ra­ti­vas visu­ais para o con­tex­to edu­ca­ci­o­nal, lec­ci­o­na­do por Mar­ce­lo For­te, CEIS20, e Apli­ca­ção de estra­té­gi­as e meto­do­lo­gi­as peda­gó­gi­cas a par­tir de “Deus não Quis”, de Antó­nio Fer­rei­ra„ lec­ci­o­na­do por Gló­ria Fer­rei­ra.

Do res­tan­te pro­gra­ma cons­ta­rá con­fe­rên­ci­as como: “O cine­ma como estra­té­gia na edu­ca­ção para a saú­de”, por Susa­na Hen­ri­ques da Uni­ver­si­da­de Aber­ta, “Edu­car para a Cida­da­nia com o Cine­ma em Con­tex­to Pri­si­o­nal”, por Sara Trin­da­de da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra. O even­to ces­sa­rá com a Ses­são Ple­ná­ria “La retó­ri­ca cla­si­ca apli­ca­da a la cons­truc­ción de la ima­gen como recur­so edu­ca­ti­vo”, con­du­zi­da por Fran­cis­co Gar­cía Gar­cía da Uni­ver­si­dad Com­plu­ten­se de Madrid

A pro­gra­ma­ção com­ple­ta pode ser con­sul­ta­da aqui.

por Cata­ri­na Maga­lhães

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Pro­gra­ma das Fusões no Cine­ma.