Pedro e Inês” é o filme português mais visto do ano

Desde a estreia, em outubro, a longa-metragem de António Ferreira recebeu mais de 45 mil espectadores.

Cinema Portugus Box Office

Desde a estreia, em outubro, a longa-metragem de Antnio Ferreira recebeu mais de 45 mil espectadores.

“Pedro e Inês, realizado por António Ferreira, numa adaptação do romance “A Trança de Inês” de Rosa Lobato de Faria, foi o filme português mais visto em 2018 tendo ultrapassado a marca dos 45,5 mil espectadores, informou esta sexta-feira o distribuidor, NOS Audiovisuais.

Com estreia a 18 de outu­bro e Dio­go Ama­ral e Joa­na de Vero­na nos prin­ci­pais papéis, o fil­me reco­lheu ins­pi­ra­ção na len­da de Pedro e Inês, colo­can­do a his­tó­ria em três épo­cas dis­tin­tas: na Ida­de Média, no tem­po atu­al, onde Pedro e Inês são arqui­te­tos numa gran­de cida­de, e num futu­ro dis­tó­pi­co, onde as pes­so­as fogem das cida­des para o cam­po a fim de sobre­vi­ver. Em todos os cená­ri­os, Pedro e Inês sem­pre se encon­tram e apai­xo­nam perdidamente,imortalizando esta his­tó­ria de amor por­tu­guês.

Roda­do no verão de 2017 em qua­tro con­ce­lhos do dis­tri­to de Coim­bra (Can­ta­nhe­de, Mon­te­mor-o-Velho, Lou­sã e Coim­bra), “Pedro e Inês con­ta ain­da no elen­co com Vera Kolod­zig, Cris­tó­vão Cam­pos, Cus­tó­dia Gal­le­go, Miguel Bor­ges, João Lagar­to e Miguel Mon­tei­ro.

O fil­me teve estreia mun­di­al na com­pe­ti­ção do Fes­ti­val de Mon­tre­al, ten­do tam­bém pas­sa­do pelas com­pe­ti­ções da Mos­tra Inter­na­ci­o­nal de Cine­ma de São Pau­lo, Fes­ti­val do Rio e no Fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, em novem­bro. A estreia comer­ci­al está garan­ti­da em 2019 nas salas do Bra­sil e Fran­ça, paí­ses copro­du­to­res.

Antó­nio Fer­rei­ra estre­ou-se em Can­nes com a média-metra­gem “Res­pi­rar debai­xo d’água” (2000). “Pedro e Inês’” é a ter­cei­ra obra de lon­ga dura­ção des­te rea­li­za­dor conim­bri­cen­se, após ‘“Esque­ce tudo o que te dis­se” (2002) e “Embar­go” (2010).

por CINEMAX
publi­ca­do 15:06 — 30 novem­bro ’18

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Portugus Box Office

Fon­te.