Secções Paralelas dos Caminhos promovem o debate e o cinema português

A XXIV edi­ção do Fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês decor­reu entre os dias 23 de novem­bro a 1 de dezem­bro. Para além das ses­sões prin­ci­pais do fes­ti­val, os ciné­fi­los con­ta­ram com um Sim­pó­sio Inter­na­ci­o­nal. Vári­as Sec­ções Para­le­las como Cami­nhos Juni­o­res, Juve­nis e Seni­o­res no Tea­tro Aca­dé­mi­co Gil Vicen­te (TAGV), um olhar sobre o cine­ma mun­di­al, a nova sec­ção “Outros Olha­res” e ain­da três Mas­ter­Ses­si­ons.

Nos dias 23 e 24 de novem­bro, decor­reu o V Sim­pó­sio Fusões do Cine­ma Por­tu­guês em São João da Madei­ra. O Museu da Cha­pe­la­ria foi pal­co da apre­sen­ta­ção e deba­te das pers­pe­ti­vas sobre as Fusões das Artes no cine­ma, ten­do em con­ta o pris­ma dos estu­dos dos média, tec­no­lo­gia e edu­ca­ção. Esta ati­vi­da­de de cariz cien­tí­fi­co foi co-orga­ni­za­da pelos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês e pela Uni­da­de de Desen­vol­vi­men­to dos Cen­tros Locais de Apren­di­za­gem (UMCLA) da Uni­ver­si­da­de Aber­ta. O Sim­pó­sio apre­sen­tou no seu pro­gra­ma espe­ci­a­lis­tas naci­o­nais e inter­na­ci­o­nais em vári­os pai­néis temá­ti­cos, da edu­ca­ção à aná­li­se artís­ti­ca por meio do cine­ma. Con­tou com a par­ti­ci­pa­ção de mais de 90 con­fe­ren­cis­tas.

Ao lon­go da sema­na, decor­re­ram as ses­sões juni­o­res, juve­nis e seni­o­res pro­mo­ven­do o cine­ma por­tu­guês jun­to de “miú­dos e graú­dos” . Os edu­ca­do­res e pro­fes­so­res das cri­an­ças acre­di­tam que a men­sa­gem pas­sa­da pelos fil­mes é útil e “os miú­dos ado­ram”. Os mais novos tive­ram a opor­tu­ni­da­de de expe­ri­en­ci­ar uma ida ao cine­ma, numa ses­são espe­ci­al­men­te pen­sa­da para eles, entre 25 de novem­bro a 1 de dezem­bro às 10h, para que estes pudes­sem ter con­tac­to com fil­mes como Candy Island, pro­du­zi­do pelo Agru­pa­men­to de esco­las Dr.

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Sec­ções Para­le­las dos Cami­nhos pro­mo­vem o deba­te e o cine­ma por­tu­guês.