Vencedores Prémios Sophia 2019

RAIVA, de Sér­gio Tré­faut, adap­ta­ção cine­ma­to­grá­fi­ca da obra de Manu­el da Fon­se­ca “Sea­ra de Ven­to?, foi o gran­de ven­ce­dor da noi­te, ten­do arre­ca­da­do seis pré­mi­os, nome­a­da­men­te Melhor Fil­me, Melhor Dire­ção de Foto­gra­fia (Acá­cio de Almei­da), Melhor Argu­men­to Adap­ta­do (Sér­gio Tré­faut e Fáti­ma Ribei­ro), Melhor Atriz Prin­ci­pal (Isa­bel Ruth), Melhor Ator Prin­ci­pal (Hugo Ben­tes) e Melhor Ator Secun­dá­rio (Adri­a­no Luz).

RAIVA, de Sér­gio Tré­faut, adap­ta­ção cine­ma­to­grá­fi­ca da obra de Manu­el da Fon­se­ca “Sea­ra de Ven­to”, foi o gran­de ven­ce­dor da noi­te, ten­do arre­ca­da­do seis pré­mi­os, nome­a­da­men­te Melhor Fil­me, Melhor Dire­ção de Foto­gra­fia (Acá­cio de Almei­da), Melhor Argu­men­to Adap­ta­do (Sér­gio Tré­faut e Fáti­ma Ribei­ro), Melhor Atriz Prin­ci­pal (Isa­bel Ruth), Melhor Ator Prin­ci­pal (Hugo Ben­tes) e Melhor Ator Secun­dá­rio (Adri­a­no Luz).
O pré­mio de Melhor Rea­li­za­dor, foi entre­gue a Antó­nio-Pedro Vas­con­ce­los, por PARQUE MAYER, que rece­beu ain­da os pré­mi­os de Melhor Maqui­lha­gem e Cabe­los (Abi­gail Macha­do e Mário Leal) e Melhor Guar­da Rou­pa (Maria Gon­za­ga).

SOLDADO MILHÕES, de Gon­ça­lo Gal­vão Teles e Jor­ge Pai­xão da Cos­ta, ven­ceu os pré­mi­os de Melhor Argu­men­to Ori­gi­nal (Jor­ge Pai­xão da Cos­ta e Mário Bote­qui­lha), Melhor Mon­ta­gem (João Braz), Melhor Som (Pedro Melo, Bran­ko Nes­kov, Ivan Nes­kov e Elsa Fer­rei­ra), Melhor Dire­ção Artís­ti­ca (Joa­na Car­do­so), Melhor Efei­tos Especiais/Caracterização (Jor­ge Car­va­lho e Car­los Ama­ral).

O Melhor Docu­men­tá­rio em Lon­ga-metra­gem foi O LABIRINTO DA SAUDADE, de Miguel Gon­çal­ves Men­des, e SARA, da pro­du­to­ra Minis­té­rio dos Fil­me, ven­ceu Melhor Série.

Na cate­go­ria das cur­tas-metra­gens, ENTRE SOMBRAS, de Móni­ca San­tos e Ali­ce Gui­ma­rães, ven­ceu Melhor Ani­ma­ção, KIDS SAPIENS SAPIENS, de Antó­nio Alei­xo, foi o Melhor Docu­men­tá­rio, e SLEEPWALK, de Fili­pe Melo, ven­ceu Melhor Fic­ção.

Cudin” (do fil­me DJON ÁFRICA, de Fili­pa Reis e João Mil­ler Guer­ra), com com­po­si­ção por Miguel Morei­ra “Tibars” e Vas­co Via­na, ven­ceu o pré­mio de Melhor Can­ção Ori­gi­nal e Manu­el João Viei­ra rece­beu o galar­dão de Melhor Ban­da Sono­ro Ori­gi­nal, pelo seu tra­ba­lho em CABARET MAXIME, de Bru­no de Almei­da. Ana Bus­torff ven­ceu Melhor Atriz Secun­dá­ria, pelo papel desem­pe­nhan­do em RUTH, de Antó­nio Pinhão Bote­lho.

O Pré­mio Sophia Estu­dan­te foi entre­gue a TERRA ARDIDA, de Fran­cis­co Romão e os home­na­ge­a­dos com o Pré­mi­os Sophia Car­rei­ra 2019 foram os ato­res Pedro Efe e Lia Gama.

A lis­ta com­ple­ta de ven­ce­do­res está dis­po­ní­vel na pági­na da Aca­de­mia Por­tu­gue­sa de Cine­ma.

Fon­te.