João Salaviza premiado em Cannes

O fil­me “Chu­va é Can­to­ria na Aldeia dos Mor­tos” co-rea­­li­­za­­do pelo por­tu­guês João Sala­vi­za e pela bra­si­lei­ra Renée Nader Mes­so­ra, ven­ceu o Gran­de Pré­mio do Júri da sec­ção Um Cer­to Olhar, na edi­ção 2018 do Fes­ti­val de Can­nes. Roda­do… Ver…

Novo incentivo à produção e filmagens em Portugal apresentado na Expo Sync Lisboa

Com o títu­lo “PICPORTUGAL ? Fil­mar em Por­tu­gal?, será apre­sen­ta­do aos par­ti­ci­pan­tes da ExpoSync o novo incen­ti­vo, geri­do pelo Ins­ti­tu­to do Cine­ma e do Audi­o­vi­su­al, em con­jun­to com o Turis­mo de Por­tu­gal, que se cons­ti­tui como um poten­ci­a­dor de Por­tu­gal enquan­to país com­pe­ti­ti­vo na atra­ção de pro­du­ções cine­ma­to­grá­fi­cas e audi­o­vi­su­ais.

Diamantino vence grande prémio La Semaine de la Critique em Cannes

A lis­ta de ven­ce­do­res da La Semai­ne de la Cri­ti­que de 2018 inclui ain­da Woman at WAR, de Bene­dikt Erlings­son (Prix SACD), Un jour de mari­a­ge, Eli­as Bel­ked­dar (Prix Canal+ du court métra­ge), Mon­si­eur, de Rohe­na Gera (Prix de la Fon­da­ti­on Gan à la dif­fu­si­on), e Félix Mari­taud pelo seu desem­pe­nho em Sau­va­ge, de Camil­le Vidal-Naquet (Prix Fon­da­ti­on Louis Roe­de­rer de la Révé­la­ti­on).

Abertas Candidaturas ao Programa Luso-Francês

Podem can­di­da­tar-se a este apoio pro­je­tos de obras cine­ma­to­grá­fi­cas, inde­pen­den­te­men­te do seu géne­ro (fic­ção, ani­ma­ção, docu­men­tá­rio) e da sua dura­ção, des­ti­na­das, em pri­mei­ro lugar, a explo­ra­ção em salas de cine­ma.

O apoio, con­ce­di­do na for­ma de sub­sí­dio a fun­do per­di­do, é limi­ta­do a 500.000 euros, para obras com dura­ção supe­ri­or a 60 minu­tos, e a 50.000 euros para obras com dura­ção igual ou infe­ri­or a 60 minu­tos.

Privacy Preference Center

cec

.

.
.
.

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?