Todos os artigos de cec

O CEC - Centro de Estudos Cinematográficos - promove a “Sétima Arte” organizando ciclos, programando palestras ou editando cadernos, e divulga autores e filmografias que, apesar da sua qualidade, são marginais à política das distribuidoras nacionais. Além de Cineclube Universitário tem também uma vertente de formação na área dos audiovisuais, bem como uma vertente técnica que lhe permite fazer a cobertura em vídeo dos eventos mais importantes da Associação e da vida universitária em geral. Promove ainda a produção e realização de curtas e medias metragens no formato vídeo.

CURTAS DE VILA DO CONDE ORGANIZA 2ª EDIÇÃO DO WORKSHOP CRÍTICA DE CINEMA

O Festival Internacional de Cinema “Curtas Vila do Conde” está a organizar a segunda edição do Workshop de Crítica de Cinema, orientado por tutores do festival e por convidados de imprensa nacionais e internacionais. Este Workshop decorre de 7 a 14 de julho e, durante os sete dias, os participantes terão 22h de masterclasses e 24h de tutoriais.
O Workshop é intensivo e o seu programa inclui orientações tutoriais diárias, visionamento de filmes, participação em debates e uma masterclass diária com convidados. Os participantes estarão ativamente envolvidos no Festival e irão inclusive ver filmes e escrever textos para publicação. A inscrição pode ser feita neste formulário, até dia 31 de maio.

TERCEIRA MOSTRA DE CINEMA IBÉRICO EM CHAVES

Nos dias 26, 27 e 28 de maio, a IIIedição da Mostra de Cinema “À Raia!? volta ao Cineclube de Chaves. Noâmbito desta iniciativa, vão passar pelo Cineteatro Bento Martins, filmesportugueses e galegos, num programa que inclui curtas-metragens de ficção edocumentais e também momentos de discussão em mesa redonda.

“À Raia III Mostra de Cinema Ibérico” é uma mostra de cinemaque tem como principal objetivo a divulgação do cinema que se faz por cá e dooutro lado da raia.

Saiba tudo sobre este evento aqui. /* Style Definitions */table.MsoNormalTable {mso-style-name:”Tabela normal”; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:””; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:Arial; color:black;} […]

SESSÃO #6.CIÊNCIA E CULTURA – COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO

O encontro será dedicado a uma reflexão sobre as oportunidades e os desafios da Comunicação e Divulgação, nos domínios da ciência e da cultura. A sessão integrará a apresentação e a discussão de estudos de caso inovadores e projetos de referência promovidos no sector da cultura ou no âmbito das instituições científicas e de ensino superior. As sessões têm como público-alvo investigadores, estudantes, gestores de repositórios, profissionais de instituições de ensino superior e de cultura, empresas, entre outros.
Em anexo segue texto de enquadramento. Programa completo e inscrições.

CARTAS DA GUERRA VENCE GLOBO DE OURO DE MELHOR FILME

Na categoriade Cinema, CARTAS DA GUERRA, de Ivo M. Ferreira, venceu o Globo de Ouro de Melhor Filme, galardão para o qual estavamtambém nomeados CINZENTO E NEGRO,de Luís Filipe Rocha, JOHN FROM,de João Nicolau e O ORNITÓLOGO, de JoãoPedro Rodrigues.

Nuno Lopes venceu a categoria de Melhor Ator, pelo seu trabalho em POSTO AVANÇADO DEPROGRESSO. Entre osoutros nomeados para esta categoria estavam os atores Filipe Duarte e MiguelBorges, em CINZENTOE NEGRO, e MiguelNunes, em CARTAS DAGUERRA.

Na categoriade Melhor Atriz, avencedora foi Ana Padrão pela sua prestação em JOGO DE DAMAS. JoanaBárcia, no filme CINZENTO E NEGRO, Maria João Abreu,no filme A MÃE É QUE SABE, e MónicaCalle, no filme CINZENTO E NEGROestavam também nomeadasnesta categoria. […]

in memoriam Américo Mascarenhas

Voz inqueta, inconformada e sempre presente deixa-nos hoje. Entusiasta dos eventos culturais, da persistência e autenticidade dos mesmos, foi um acérrimo defensor do consumo e acesso à cultura cinematográfica na região centro. Deixa-nos saudades, da voz inconfundível, dos pedaços de papel agrafados à moda antiga, onde as notas se convertiam em notícias, mas acima de tudo pelo apoio que sempre soubeste transmitir. Um até sempre!

 

Publicado em in memoriam Américo Mascarenhas