Que faremos nós com estas imagens?

A oita­va edi­ção do cur­so de cine­ma “Cine­ma­lo­gia” entra ago­ra na sua últi­ma fase: a pós-pro­du­ção. Depois da for­ma­ção teó­ri­ca, seguiu-se a veia mais prá­ti­ca des­te cur­so de cine­ma docu­men­tal, na qual os for­man­dos tive­ram a opor­tu­ni­da­de de pro­du­zir um docu­men­tá­rio com base no tema da 20ª Sema­na Cul­tu­ral da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra, “As casas, oh as casas”.

Con­cluí­da a roda­gem, a pós pro­du­ção é a eta­pa sub­se­quen­te, pau­tan­do-se pelas fases de mon­ta­gem, edi­ção e fina­li­za­ção, desig­na­da­men­te no que toca ao áudio, à ima­gem e à cor­re­ção de cor, con­tan­do com a ori­en­ta­ção do mon­ta­dor Tomás Bal­ta­zar, do colo­ris­ta Nuno Gar­cia ou dos desig­ners de som Luís Ante­ro e Miguel Mar­tins. Res­tam ain­da 72 horas de for­ma­ção, entre os dias 7 e 29 de abril, para conhe­cer e apren­der os vári­os pas­sos des­ta fase final da pro­du­ção de uma obra cine­ma­to­grá­fi­ca, con­ju­gan­do-se o saber teó­ri­co com o saber prá­ti­co apli­ca­do no desen­vol­vi­men­to de um docu­men­tá­rio. Há ain­da espa­ço para estu­dar os pro­ce­di­men­tos e meca­nis­mos ine­ren­tes à dis­tri­bui­ção de cine­ma e como se esta­be­le­cem os cir­cui­tos comer­ci­ais e de fes­ti­val dos fil­mes.

As ins­cri­ções con­ti­nu­am aber­tas em www.caminhos.info/cinemalogia/inscricao.

O con­teú­do Que fare­mos nós com estas ima­gens? apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.

Oh! As Casas” em Documentário

Duran­te esta sema­na, o cur­so de cine­ma “Cine­ma­lo­gia” pro­mo­veu o módu­lo de rea­li­za­ção docu­men­tal que, com a ori­en­ta­ção do rea­li­za­dor Pedro Maga­no, se propôs mate­ri­a­li­zar fil­mi­ca­men­te a pro­pos­ta da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra para esta 20.ª Sema­na Cul­tu­ral. Tra­tan­do-se de um cur­so de estru­tu­ra modu­lar, o Cine­ma­lo­gia reú­ne, a cada edi­ção, um gru­po hete­ro­gé­neo de for­man­dos, com per­cur­sos aca­dé­mi­cos diver­sos e pro­ve­ni­en­tes de vári­os pon­tos do país, unin­do-se a pro­fis­si­o­nais da área do cine­ma na con­cre­ti­za­ção de um fil­me.

O con­teú­do “Oh! As Casas” em Docu­men­tá­rio apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.

Realizadoras portuguesas premiadas em França

Tere­sa Vil­la­ver­de ven­ceu o Prix Sau­va­ge, pré­mio prin­ci­pal do fes­ti­val L’Europe autour de l’Europe, pela sua obra COLO. O júri, pre­si­di­do pela rea­li­za­do­ra Ralit­za Petro­va e com­pos­to pelos rea­li­za­do­res Rafa­el Lewan­dows­ki e Sza­bolcs Tol­nai, pelo crí­ti­co de cine­ma Tue Ste­en Mül­ler e pelo pro­du­tor György Raduly, atri­buiu o pré­mio por una­ni­mi­da­de “pela huma­ni­da­de e pro­fun­di­da­de com que tra­ta o seu tema e pela pre­ci­são das suas esco­lhas for­mais, que per­ma­ne­cem sem­pre sin­ce­ras?.

PROLONGAMENTO DO PRAZO DE CANDIDATURA

Aten­den­do ao ele­va­do núme­ros de par­ti­ci­pan­tes, e com o acor­do de todos os Pólos Naci­o­nais, o Secre­ta­ri­a­do Exe­cu­ti­vo do Pro­gra­ma Audi­o­vi­su­al da CPLP enten­deu pro­ce­der à pror­ro­ga­ção do pra­zo de apre­sen­ta­ção das can­di­da­tu­ras do Pro­gra­ma Audi­o­vi­su­al DOCTV CPLP III, por uma sema­na, fixan­do o seu ter­mo para as 24h do dia 13/04/2018 (sex­ta-fei­ra).