Call for Papers 5.º Simpósio Fusões no Cinema

Está aber­to até 15 de Setem­bro o Pra­zo para a Recep­ção de Pro­pos­tas de Comu­ni­ca­ção no 5.º Sim­pó­sio Inter­na­ci­o­nal Fusões no Cine­ma que irá decor­rer de 23 a 24 de Novem­bro de 2018 em São João da Madei­ra.

Reno­van­do a par­ce­ria dos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês com a Uni­dade de Desen­vol­vi­men­to dos Cen­tros Locais de Apren­di­za­gem (UMCLA) da Uni­ver­si­dade Aber­ta, con­­vi­­dam-se os docen­tes, inves­ti­ga­do­res e alu­nos do Ensi­no Supe­ri­or a sub­me­ter pro­pos­tas de comu­ni­ca­ção, em por­tu­guês, inglês ou cas­te­lhano, que não exce­dam os 1500 carac­te­res (incluin­do espa­ços), nas seguin­tes linhas temá­ti­cas (que pode­rão ser alar­ga­das a outras) do Sim­pó­sio:

LINHA 1 – A FUSÃO DAS ARTES NO CINEMA
As rela­ções entre as dife­ren­tes artes e o cine­ma: -Arqui­te­tura; – Lite­ra­tura / Argu­men­tismo; – Inter­pre­ta­ção / Repre­sen­ta­ção; – Músi­ca; – Foto­gra­fia; – Artes Plás­ti­cas.

LINHA 2 – CINEMATECNOLOGIA
A evo­lu­ção tec­no­ló­gica e a for­ma como o Cine­ma che­ga ao Espec­ta­dor: -A legen­da­gem, dobra­gem e audi­o­des­cri­ção; -As Novas tec­no­lo­gias, Inter­net e cine­ma; -Os supor­tes, for­ma­tos e os novos media;

LINHA 3 – CINEMA, INVES­TI­GA­ÇÃOEDUCAÇÃO
Cine­ma em dife­ren­tes ambi­en­tes peda­gó­gi­cos (onli­ne e pre­sen­ci­ais); Cine­ma e Inves­ti­ga­ção em Con­texto Edu­ca­tivo; Prá­ti­cas de Cine­ma na Esco­la; Cine­ma e Novas Tec­no­lo­gias em Edu­ca­ção; Cine­ma e Redes Soci­ais em Con­tex­tos For­mais e Infor­mais de Apren­di­za­gem; Pro­du­ção de Obje­tos de Apren­di­za­gem (OA) Audi­o­vi­su­ais com Fins Edu­ca­ti­vos e recor­rendo à Lin­gua­gem Cine­ma­to­grá­fi­ca.

LINHA 4 – CINEMATELEVISÃO
Abor­da­gens teó­ri­cas, sobre a pro­du­ção audi­o­vi­sual em geral, incluin­do todos os géne­ros e pla­ta­for­mas de difu­são, enqua­­dran­do-a num con­texto con­tem­po­râ­neo naci­o­nal e inter­na­ci­o­nal; A aná­lise das rela­ções entre rea­li­za­ção e pro­du­ção de con­teú­dos cine­ma­to­grá­fi­cos e tele­vi­si­vos; Cine­ma e Tele­vi­são mun­dos para­le­los ou inter­li­ga­dos.

As pro­pos­tas de comu­ni­ca­ção a apre­sen­tar devem incluir a defi­ni­ção e deli­mi­ta­ção do obje­to  de estu­do da inves­ti­ga­ção; a rele­vân­cia e per­ti­nên­cia cien­tí­fica da pro­posta; os obje­ti­vos e a meto­do­lo­gia da investigação/ aná­li­se uti­li­zada; prin­ci­pais refe­rên­cias bibli­o­grá­fi­cas, e três a cin­co pala­vras cha­ve. Cada pro­posta de comu­ni­ca­ção deve igual­mente ser sub­me­tida com uma bio­gra­fia do(s) autor(es) com até 750 cara­te­res (incluin­do espa­ços). Os tra­ba­lhos sub­me­ti­dos serão publi­ca­dos em livro de actas sen­do que os tra­ba­lhos mais rele­van­tes serão publi­ca­dos num núme­ro futu­ro da ICONO14 edi­to­ri­al. O pra­zo para a recep­ção de pro­pos­tas de comu­ni­ca­ções decor­re até 15 de setem­bro.

O con­teú­do Call for Papers 5.º Sim­pó­sio Fusões no Cine­ma apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.

Que faremos nós com estas imagens?

A oita­va edi­ção do cur­so de cine­ma “Cine­ma­lo­gia” entra ago­ra na sua últi­ma fase: a pós-pro­du­ção. Depois da for­ma­ção teó­ri­ca, seguiu-se a veia mais prá­ti­ca des­te cur­so de cine­ma docu­men­tal, na qual os for­man­dos tive­ram a opor­tu­ni­da­de de pro­du­zir um docu­men­tá­rio com base no tema da 20ª Sema­na Cul­tu­ral da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra, “As casas, oh as casas”.

Con­cluí­da a roda­gem, a pós pro­du­ção é a eta­pa sub­se­quen­te, pau­tan­do-se pelas fases de mon­ta­gem, edi­ção e fina­li­za­ção, desig­na­da­men­te no que toca ao áudio, à ima­gem e à cor­re­ção de cor, con­tan­do com a ori­en­ta­ção do mon­ta­dor Tomás Bal­ta­zar, do colo­ris­ta Nuno Gar­cia ou dos desig­ners de som Luís Ante­ro e Miguel Mar­tins. Res­tam ain­da 72 horas de for­ma­ção, entre os dias 7 e 29 de abril, para conhe­cer e apren­der os vári­os pas­sos des­ta fase final da pro­du­ção de uma obra cine­ma­to­grá­fi­ca, con­ju­gan­do-se o saber teó­ri­co com o saber prá­ti­co apli­ca­do no desen­vol­vi­men­to de um docu­men­tá­rio. Há ain­da espa­ço para estu­dar os pro­ce­di­men­tos e meca­nis­mos ine­ren­tes à dis­tri­bui­ção de cine­ma e como se esta­be­le­cem os cir­cui­tos comer­ci­ais e de fes­ti­val dos fil­mes.

As ins­cri­ções con­ti­nu­am aber­tas em www.caminhos.info/cinemalogia/inscricao.

O con­teú­do Que fare­mos nós com estas ima­gens? apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.

Oh! As Casas” em Documentário

Duran­te esta sema­na, o cur­so de cine­ma “Cine­ma­lo­gia” pro­mo­veu o módu­lo de rea­li­za­ção docu­men­tal que, com a ori­en­ta­ção do rea­li­za­dor Pedro Maga­no, se propôs mate­ri­a­li­zar fil­mi­ca­men­te a pro­pos­ta da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra para esta 20.ª Sema­na Cul­tu­ral. Tra­tan­do-se de um cur­so de estru­tu­ra modu­lar, o Cine­ma­lo­gia reú­ne, a cada edi­ção, um gru­po hete­ro­gé­neo de for­man­dos, com per­cur­sos aca­dé­mi­cos diver­sos e pro­ve­ni­en­tes de vári­os pon­tos do país, unin­do-se a pro­fis­si­o­nais da área do cine­ma na con­cre­ti­za­ção de um fil­me.

O con­teú­do “Oh! As Casas” em Docu­men­tá­rio apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.

Gravar, Filmar, Fotografar, Registar!

Che­gou a eta­pa deci­si­va da oita­va edi­ção do Cine­ma­lo­gia — Cur­so de Cine­ma Docu­men­tal. Duran­te as pri­mei­ras 40 horas des­te cur­so os for­man­dos foram intro­du­zi­dos às meto­do­lo­gi­as de inves­ti­ga­ção e pla­ne­a­men­to de uma pro­du­ção de docu­men­tá­rio. As casas, “oh as casas”, são o mote cen­tral des­ta pro­du­ção e da 20.ª Sema­na Cul­tu­ral da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra, e foi com Antó­nio Morais e ago­ra com David Bada­lo e Pedro Maga­no que os for­man­dos vão domi­nar as téc­ni­cas de pro­du­ção de ima­gem e som aten­den­do à for­mu­la­ção da casa como um dis­po­si­ti­vo tran­si­tó­rio pro­du­tor de memó­ri­as e mode­la­dor de pes­so­as. Acha que pode con­tri­buir para esta inves­ti­ga­ção? Escre­va-nos para cinemalogia@caminhos.info.

O con­teú­do Gra­var, Fil­mar, Foto­gra­far, Regis­tar! apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.

Da Teoria à Prática

O cur­so de cine­ma docu­men­tal, cine­ma­lo­gia, pro­mo­vi­do pelos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês com­ple­ta este fim-de-sema­na a sua com­po­nen­te teó­ri­ca com uma via­gem gui­a­da por Ricar­do Lei­te pela his­tó­ria do docu­men­tá­rio por­tu­guês. A prá­ti­ca docu­men­tal come­ça no domin­go pela cap­tu­ra da ima­gem com a ori­en­ta­ção de Antó­nio Morais.

O con­teú­do Da Teo­ria à Prá­ti­ca apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.