PAULO BRANCO VENCE PRÉMIO MUNDIAL DAS ARTES LEONARDO DA VINCI

De acor­do com o comu­ni­ca­do do Con­se­lho Mun­di­al de Cul­tu­ra, o Pré­mio Leo­nar­do da Vin­ci é atri­buí­do a Pau­lo Bran­co “pelo seu pro­lí­fi­co e vari­a­do tra­ba­lho, desen­vol­vi­do no âmbi­to do cine­ma inde­pen­den­te, pro­du­zin­do e copro­du­zin­do com rea­li­za­do­res de qua­tro con­ti­nen­tes, sem­pre aber­to a novas idei­as, tri­lhan­do novos cami­nhos e cons­truin­do pon­tes em todo o mun­do, bem como pela sua dedi­ca­ção em apro­xi­mar dife­ren­tes áre­as da Cul­tu­ra, como a Lite­ra­tu­ra, as Belas-artes e a Músi­ca.

Plano Nacional de Cinema 2019–2020

Está aber­to, até 30 de agos­to, o pro­ces­so de can­di­da­tu­ras anu­ais das esco­las (públi­cas, pri­va­das, incluin­do as das Regiões Autó­no­mas e as Esco­las Por­tu­gue­sas no Estran­gei­ro) para par­ti­ci­pa­rem no Pla­no Naci­o­nal de Cine­ma (ano leti­vo 2019–20).

AVISO

Infor­ma­mos que a pla­ta­for­ma de sub­mis­são de can­di­da­tu­ras e de entre­ga de docu­men­tos já se encon­tra em fun­ci­o­na­men­to.
Aten­den­do ao perío­do de ino­pe­ra­ci­o­na­li­da­de da pla­ta­for­ma de can­di­da­tu­ras serão pror­ro­ga­dos os pra­zos dos seguin­tes pro­ce­di­men­tos:
- Apoio à Pro­du­ção de Obras Audi­o­vi­su­ais e Mul­ti­mé­dia — Fic­ção / Docu­men­tá­rio 2018 — Pra­zo para entre­ga dos docu­men­tos exi­gi­dos no pon­to 9.5.

COMUNICADO

Infor­mam-se todos os inte­res­sa­dos que, por moti­vos de ino­pe­ra­ci­o­na­li­da­de da pla­ta­for­ma de sub­mis­são de can­di­da­tu­ras e de entre­ga de docu­men­tos res­pei­tan­tes aos con­cur­sos de apoio finan­cei­ro do ICA, todas as ações rela­ci­o­na­das com os refe­ri­dos se encon­tram tem­po­ra­ri­a­men­te sus­pen­sas.

Criada a Portugal Film Commission

Cons­ti­tuí­da como um gru­po de pro­je­to, com­pe­te a esta estru­tu­ra, cri­a­da na depen­dên­cia dos mem­bros do Gover­no res­pon­sá­veis pelas áre­as da Cul­tu­ra e do Turis­mo, cri­ar con­di­ções para a afir­ma­ção e pro­mo­ção de Por­tu­gal no mun­do como des­ti­no de exce­lên­cia para a pro­du­ção e rea­li­za­ção de fil­ma­gens inter­na­ci­o­nais; garan­tir a pro­je­ção inter­na­ci­o­nal de Por­tu­gal como des­ti­no pri­vi­le­gi­a­do de fil­ma­gens; con­tri­buir para a divul­ga­ção naci­o­nal e inter­na­ci­o­nal do Fun­do de Apoio ao Turis­mo e ao Cine­ma, enquan­to ins­tru­men­to com­pe­ti­ti­vo dese­nha­do para cap­tar a pro­du­ção cine­ma­to­grá­fi­ca e audi­o­vi­su­al para Por­tu­gal; defi­nir as melho­res prá­ti­cas e méto­dos para apoi­ar os pro­du­to­res naci­o­nais e inter­na­ci­o­nais no domí­nio das fil­ma­gens, entre outras.