Arquivo da Categoria: Notícias

Apontamentos da Selecção Caminhos II

https://i0.wp.com/caminhos.info/wp-content/uploads/Photo-2-stillkako2.jpg?fit=1920%2C1080
Há uns anos quando Kiarostami nos mostrou o público de Shirin, ficámos com uma visão diferente daquilo que era cinema e espectador, do que era a catarse e o sentimento expresso na face daquele que se isola acompanhado na sala de projecção. André Gil da Mata consegue ir mais longe, indo até à sala de projecção mostrando-nos Sena e o seu quotidiano de projecionista jugoslava, com o amor pelo cinema e pela memória colectiva da arte cinematográfica com o pretexto e metáfora de Eva Ras.
Continuar a lerApontamentos da Selecção Caminhos II

Juniores conhecem a magia da sétima arte

https://i1.wp.com/caminhos.info/wp-content/uploads/2016-11-23_12.58_Caminhos-Juniores-_©-Tiago-Santos.jpg?fit=1080%2C720
Os Caminhos Juniores decorrem entre os dias 21 a 25 de Novembro sendo exibidos vários filmes de animação, em Coimbra e Leiria, tanto no Teatro Académico de Gil Vicente, como no Teatro José Lucio Silva, destinados aos mais novos.
Continuar a lerJuniores conhecem a magia da sétima arte

Depois do Adeus

https://i1.wp.com/caminhos.info/wp-content/uploads/vlcsnap-2016-11-22-09h28m39s566.jpg?fit=1268%2C720
Momentos SP foi uma sessão especial dedicada à série portuguesa ‘Depois do Adeus’ de Patrícia Sequeira e Sérgio Graciano. Neste episódio vemos uma família que, após a queda da ditadura do Estado Novo em 1975, se vê obrigada a regressar a Portugal e a abandonar a vida em Angola após uma vaga de violência se abater no país depois do anúncio da independência. Continuar a lerDepois do Adeus

Zeus de Paulo Filipe Monteiro em Estreia na Selecção Caminhos

Hoje às 21h45, os Caminhos apresentam o mais recente trabalho de Paulo Filipe Monteiro. A sessão conta com a presença do realizador e do produtor.

A história verdadeira de Manuel Teixeira Gomes, criado no sul de Portugal, numa cultura árabe. No começo do século XX, é um talentoso escritor, muito sensual na sua prosa e muito livre nos seus temas quase sempre eróticos. Em 1923, é eleito Presidente da República. O filme começa nesses anos agitados: a ascensão do fascismo é o contexto dramático das iniciativas de Gomes que, apesar das constantes revoltas militares, consegue formar governos reformistas. Os ataques contra ele recorrem aos expedientes mais baixos e à evocação da sua obra literária. E de repente, Gomes parte. Pede a demissão e procura o primeiro barco que saia de Lisboa. É Zeus, um cargueiro sem nenhum passageiro: mas Gomes toma-o e parte. Decide ir para a «mais bela cidade do Norte de África»: Bougie. Pensa instalar-se no hotel uma semana, ficará 11 anos, sem jamais a deixar. Gomes escreve muito e aos 77 anos concebe em voz alta, como um alucinado, o que será uma obra-prima (pouco conhecida) da literatura portuguesa, cheia de verve e audácia: Maria Adelaide. E é Amokrane quem por ele vela até ao último momento, deitado no chão, ligado a Teixeira Gomes por fios de modo a seguir os seus movimentos.

[EN] This is the real story, but unknown to the vast majority of the Portuguese, Manuel Teixeira Gomes, one of the first presidents of the Portuguese Republic. There is not a President such as he was, a recognized erotic literature writer who, after resigning from his presidential post, boards the Dutch freighter Zeus and part into the unknown – the fate leads him to Algeria where Teixeira Gomes decides reborn and recognize their right to be happy. The plot of the film is part of the drama of political events leading up to the implementation of the dictatorship, the confrontation of great personalities, the mood of our protagonist, his exile, the romanticism of his passions, the greatness of his friendships and stunning scenery that runs .It is the work of a lifetime, the Paulo Filipe Monteiro on a life that was an authentic work of art – the Manuel Teixeira Gomes.

Production: Pedro Bento
Directing: Paulo Filipe Monteiro
Cinematography: João Ribeiro, Mário Castanheira, Vasco Viana
Sound: Gita Cerveira, Olivier Blanc, Quintino Bastos
Sound Mixing and Mixing: Miguel Martins
Film Editing: Tomás Baltazar
Art Direction: João Torres
Costume Design: Sílvia Grabowski
Makeup Department: Sara Menitra

Programação diária:

22 de Novembro, 16h00, Caminhos Mundiais
Auditório Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, Coimbra
Nada S.A. (2014) de Caye Casas, Albert Pintó 15′ La Granja del Pass (2015) de Sílvia Munt 80′
22 de Novembro, 17h00, Selecção Caminhos
Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra
Rochas e Minerais de Miguel Tavares 10′
Way de Pedro Carmo 15′
Uma Vida à Espera de Sérgio Graciano 93′

22 de Novembro, 17h30, Selecção Ensaios
Teatro Miguel Franco, Leiria
Disguise de FuBo (CN) 10′
Mother de Stanley Xu & Ngee Ann (SG) 13′
Kadambari de Bhasmang Joshi (IN) 10′
Dream Inside The Water de Phadindra Budhathoki (NP) 13′
Lan, Happy Birthday de Huynh Cong Nho (VN) 13′
I am JUPITER I am the BIGGEST PLANET de Matthew Victor Pastor (PH) 15′
Gift de Zhaofuchen (CN) 20′

22 de Novembro, 21h45, Selecção Caminhos
Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra
Fim de Linha de Paulo D’Alva e António Pinto 14′
Pedro de André Santos e Marco Leão 20′
Zeus Ω de Paulo Filipe Monteiro 93′

22 de Novembro, 18h00, Reposição
NOS Cinemas Alma Shopping, Coimbra
Senhor Jaime de Cláudio Sá 8′
Pele de Cordeiro de Flávio Ferreira 6′
Já Vais de Julio Hey 5′
Landing de Filipe Martins 16′
“O Amor é Lindo…Porque Sim!” de Vicente Alves do Ó, Ivan Coletti 93′

22 de Novembro, 21h45, Selecção Ensaios
Teatro Miguel Franco, Leiria
Resistance Zucchinis de M. Idri, B. Lecailtel, I..Ngamou, C.Balguerie (FR) 7′
Hypertrain de Etienne Kompis e Fela Bellotto (CH) 4′
Good Night de Henning Backhaus(AU) 7′
The Opposite of Orange de Christopher Kaufmann (DE) 12′
The Ballad of Simon and Teresa de Martin Hnát (SI) 25′
Adaptation de Bartosz Kruhlik (PL) 25′
Mary de Grigory Kolomytsev (RU) 15′
Voicemail de Erec Brehmer (DE) 30′