Três curtas portuguesas na Berlinale 2018

MADNESS, de João Via­na, (copro­du­ção Moçam­bi­que, Gui­né-Bis­sau, Qatar, Por­tu­gal e Fran­ça), ONDE O VERÃO VAI (EPISÓDIOS DA JUVENTUDE), de David Pinhei­ro Vicen­te, e RUSSA, de João Sala­vi­za e Ricar­do Alves Jr., (copro­du­ção Por­tu­gal, Bra­sil) inte­gram a sele­ção ofi­ci­al da sec­ção com­pe­ti­ti­va Ber­li­na­le Shorts de 2018, com­pos­ta por 22 fil­mes, de 18 paí­ses.

Diogo Costa Amarante no júri da Berlinale

Outros mem­bros do júri da edi­ção de 2018 da com­pe­ti­ção inter­na­ci­o­nal de cur­tas-metra­gens da Ber­li­na­le são o rea­li­za­dor e cura­dor ame­ri­ca­no, Mark Tos­ca­no, e a rea­li­za­do­ra e aca­dé­mi­ca sul-afri­ca­na, Jyo­ti Mis­try.

Além de atri­buir os ursos de ouro e de pra­ta e o Audi Short Film Award, os mem­bros do júri da com­pe­ti­ção de cur­tas-metra­gens irá ain­da nome­ar um fil­me para a cate­go­ria de cur­tas-metra­gens dos Euro­pe­an Film Awards.

Privacy Preference Center

cec

.

.
.
.

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?