Diamantino vence grande prémio La Semaine de la Critique em Cannes

A lis­ta de ven­ce­do­res da La Semai­ne de la Cri­ti­que de 2018 inclui ain­da Woman at WAR, de Bene­dikt Erlings­son (Prix SACD), Un jour de mari­a­ge, Eli­as Bel­ked­dar (Prix Canal+ du court métra­ge), Mon­si­eur, de Rohe­na Gera (Prix de la Fon­da­ti­on Gan à la dif­fu­si­on), e Félix Mari­taud pelo seu desem­pe­nho em Sau­va­ge, de Camil­le Vidal-Naquet (Prix Fon­da­ti­on Louis Roe­de­rer de la Révé­la­ti­on).

Resultados DOCTV CPLP III

Os últi­mos momen­tos da eta­pa final do Con­cur­so inter­na­ci­o­nal do pro­gra­ma audi­o­vi­su­al DOCTV CPLP III con­ta­ram com a con­tri­bui­ção e visão artís­ti­ca dos mem­bros da comis­são de sele­ção inter­na­ci­o­nal.
Pro­je­tos sele­ci­o­na­dos:
Ango­la — “ELINGA TEATRO 1988/2008”, de Pau­lo Aze­ve­do Bra­sil — “Entre a Por­ta e a Rua”, de Rafa­el Figuei­re­do
Cabo Ver­de — “Bidon: Nação Ilhéu”, de Celes­te For­tes;
Gui­né Bis­sau — “Bija­gó o Tesu­ro Sagra­do”, de Domin­gos San­ca;
Gui­né Equa­to­ri­al — “Rit­mo de Ida e Vol­ta”, Ngo­lo Leti­cia Ida­be Maku­a­le;
Moçam­bi­que — “A expe­ri­ên­cia de Moçam­bi­que na Ges­tão de mudan­ças cli­má­ti­cas 2000–2018”, de Tânia Macho­nis­se;
Por­tu­gal — “Mar­got Dias, uma via­gem aos Macon­des de Moçam­bi­que”, de Cata­ri­na Alves Cos­ta;
São Tomé e Prín­ci­pe — “O Esta­do Cri­ou­lo de Áfri­ca”, de Teo­do­ra de Cei­ta da Luz Mar­tins;
Timor Les­te — “Músi­ca da Resis­tên­cia”, deFran­cis­ca Maia.

Participação portuguesa em Cannes

De acor­do com a Sele­ção Ofi­ci­al apre­sen­ta­da pelo Fes­ti­val de Cine­ma de Can­nes para a sua 71,ª edi­ção, o pro­gra­ma inclui as obras CHUVA É CANTORIA NA ALDEIA DOS MORTOS, de João Sala­vi­za e Renée Nader Mes­so­ra, O GRANDE CIRCO MÍSTICO, de Car­los Die­gues, O HOMEM QUE MATOU DOM QUIXOTE, de Ter­ry Gil­li­am, e A ILHA DOS AMORES, de Pau­lo Rocha.

Modelos de Distribuição de Cinema encerram a 8.ª edição do Curso de Cinema ‘cinemalogia’

A essên­cia do pro­ces­so de dis­tri­bui­ção de um fil­me é o tema abor­da­do nes­te últi­mo módu­lo da oita­va edi­ção do cur­so de cine­ma “Cine­ma­lo­gia”.

Rea­li­zar cine­ma é uma ati­vi­da­de per­ma­nen­te­men­te afe­ta­da por ques­tões comer­ci­ais, pois sen­do o seu obje­ti­vo a exi­bi­ção públi­ca, os seus cir­cui­tos de dis­tri­bui­ção e exi­bi­ção estão sujei­tos às leis do mer­ca­do. Des­te modo, os pro­ces­sos de dis­tri­bui­ção e a par­ti­ci­pa­ção no cir­cui­to de fes­ti­vais de cine­ma, bem como no cir­cui­to comer­ci­al, estão no cen­tro da for­ma­ção para o módu­lo de Dis­tri­bui­ção com a pro­du­to­ra cine­ma­to­grá­fi­ca Maria João Mayer.

O con­teú­do Mode­los de Dis­tri­bui­ção de Cine­ma encer­ram a 8.ª edi­ção do Cur­so de Cine­ma ‘cine­ma­lo­gia’ apa­re­ce pri­mei­ro em Cami­nhos Film Fes­ti­val.