Seleccionar e Programar

Encon­tra­mo-nos na rec­ta final da selec­ção e pro­gra­ma­ção da XXIV Edi­ção do fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês. Num ano com um exten­so uni­ver­so de 760 ins­cri­ções, foram mais de 370 horas de visi­o­na­men­to rea­li­za­do pela equi­pa de pro­gra­ma­ção.

Todos os anos o cine­ma apre­sen­ta, qua­se como um pro­ces­so vivo do incons­ci­en­te colec­ti­vo, uma lin­gua­gem estra­nha­men­te coe­ren­te tan­to a nível naci­o­nal como inter­na­ci­o­nal. A nar­ra­ti­va fíl­mi­ca pare­ce enqua­drar-se àqui­lo que é o esta­do actu­al das coi­sas, unin­do cri­a­do­res naci­o­nais e inter­na­ci­o­nais.

Nes­ta XXIV Edi­ção o espec­ta­dor encon­tra­rá abor­da­dos temas que se tor­na­ram pró­xi­mos dos rea­li­za­do­res e dos espec­ta­do­res: a ques­tão da cri­se eco­nó­mi­ca e polí­ti­ca, a con­di­ção de géne­ro e de cida­da­nia, a moral e a inter­po­si­ção reli­gi­o­sa, a catar­se pelo humor e pelo ter­ror ou mes­mo a trans­cri­ção cine­ma­to­grá­fi­ca de outras expres­sões artís­ti­cas (da pin­tu­ra à per­for­man­ce). A neces­si­da­de de ins­truir mais do que entre­ter pare­ce pau­tar esta XXIV Edi­ção, onde se encon­tra­rão ain­da expres­sa­das novas for­mas de ver cine­ma, com des­ta­que para o ensaio visu­al e expe­ri­men­ta­ção do cine­ma em novas ten­dên­ci­as visu­ais e sono­ras que deli­ne­a­rão as diver­sas telas da cida­de de Coim­bra.

A par­tir de 1 de Outu­bro come­ça­rão a ser reve­la­dos os selec­ci­o­na­dos das selec­ções com­pe­ti­ti­vas (Selec­ção Cami­nhos e Selec­ção Ensai­os) e para­le­las (Juni­o­res, Juve­nis, Seni­o­res, Outros Olha­res e Mun­di­ais). Esta é a opor­tu­ni­da­de do espec­ta­dor conhe­cer a gran­de mon­tra do melhor que foi pro­du­zi­do em Por­tu­gal (pro­fis­si­o­nal e aca­de­mi­ca­men­te) e, simul­ta­ne­a­men­te, com­pa­rar com aqui­lo que é fei­to lá fora sob um pris­ma crí­ti­co e com­pa­ra­ti­vo.

É pos­sí­vel garan­tir des­de já o aces­so a todas estas ses­sões. O livre-trân­si­to (30€) e os bilhe­tes para con­jun­to de 10 ses­sões (20€) já se encon­tram dis­po­ní­veis na nos­sa Loja Onli­ne, com des­con­tos para asso­ci­a­dos, estu­dan­tes, mem­bros da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra e desem­pre­ga­dos.

Está igual­men­te aber­to o regis­to a gru­pos esco­la­res para as sec­ções Cami­nhos Juni­o­res (para cri­an­ças do pré-esco­las e 1.º ciclo), Juve­nis (2.º e 3.º Ciclo, bem como Ensi­no Secun­dá­rio Naci­o­nal) e Séni­o­res que terão fil­mo­gra­fia espe­ci­al­men­te dedi­ca­da a estes públi­cos. Mais infor­ma­ções sobre as ses­sões de gru­po podem ser obti­das pelo tele­fo­ne 911 081 317.

Vamos cele­brar o cine­ma entre 23 de Novem­bro e 1 de Dezem­bro!

2.ª chamada Call for papers para Simpósio “fusões no cinema”

Na sequên­cia do gran­de inte­res­se demons­tra­do pelos par­ti­ci­pan­tes no final do pra­zo regu­lar de sub­mis­são do sim­pó­sio, infor­ma­mos todos os inte­res­sa­dos que deci­di­mos abrir uma segun­da fase para sub­me­ter a sua pro­pos­ta de comu­ni­ca­ção até ao dia 15 de Outu­bro de 2014. Pode­rá pro­por o resu­mo da sua comu­ni­ca­ção nas seguin­tes linhas de inves­ti­ga­ção:

Linha 1 – A Fusão das Artes no Cinema

As rela­ções entre as dife­ren­tes artes e o cine­ma: -Arqui­te­tu­ra; – Lite­ra­tu­ra /Argumentismo; – Inter­pre­ta­ção /Representação; – Músi­ca; – Foto­gra­fia; – Artes Plás­ti­cas.

Linha 2 – Cinema e Tecnologia

A evo­lu­ção tec­no­ló­gi­ca e a for­ma como o Cine­ma che­ga ao Espec­ta­dor: -A legen­da­gem, dobra­gem e audi­o­des­cri­ção; -As Novas tec­no­lo­gi­as, Inter­net e cine­ma; -Os supor­tes, for­ma­tos e os novos media;

Linha 3 – Cinema, Investigação e Educação

Cine­ma em dife­ren­tes ambi­en­tes peda­gó­gi­cos (onli­ne e pre­sen­ci­ais); Cine­ma e Inves­ti­ga­ção em Con­tex­to Edu­ca­ti­vo; Prá­ti­cas de Cine­ma na Esco­la; Cine­ma e Novas Tec­no­lo­gi­as em Edu­ca­ção; Cine­ma e Redes Soci­ais em Con­tex­tos For­mais e Infor­mais de Apren­di­za­gem; Pro­du­ção de Obje­tos de Apren­di­za­gem (OA) Audi­o­vi­su­ais com Fins Edu­ca­ti­vos e recor­ren­do à Lin­gua­gem Cine­ma­to­grá­fi­ca.

Linha 4 – Cinema e Televisão

Abor­da­gens teó­ri­cas, sobre a pro­du­ção audi­o­vi­su­al em geral, incluin­do todos os géne­ros e pla­ta­for­mas de difu­são, enqua­dran­do-a num con­tex­to con­tem­po­râ­neo naci­o­nal e inter­na­ci­o­nal; A aná­li­se das rela­ções entre rea­li­za­ção e pro­du­ção de con­teú­dos cine­ma­to­grá­fi­cos e tele­vi­si­vos; Cine­ma e Tele­vi­são mun­dos para­le­los ou inter­li­ga­dos.

As pro­pos­tas de comu­ni­ca­ção deve­rão ser envi­a­das na seguin­te liga­ção: https://www.caminhos.info/simposio/comunicacoes

Con­vi­da-se ain­da o públi­co-geral a par­ti­ci­par (sem comu­ni­ca­ção), gra­tui­ta­men­te, no Sim­pó­sio que se rea­li­za­rá em São João da Madei­ra de 23 a 24 de Novem­bro. Os ins­cri­tos pode­rão ter aces­so a um Cer­ti­fi­ca­do de For­ma­ção acre­di­ta­do pelo CCPFC com 1 cré­di­to para pro­fes­so­res dos Ensi­nos Bási­co e Secun­dá­rio com o títu­lo “Fusões no Cine­ma”. O Sim­pó­sio terá uma dura­ção de 25 horas, sen­do que 10 horas serão pre­sen­ci­ais, nos dias 23 e 24 de novem­bro e 15 horas serão em ambi­en­te onli­ne na sema­na seguin­te, com con­fe­rên­ci­as em ambi­en­te vir­tu­al de espe­ci­a­lis­tas inter­na­ci­o­nais. As ins­cri­ções para o públi­co-geral estão aber­tas até mea­dos de novem­bro e estão sujei­tas à lota­ção do espa­ço, poden­do ser rea­li­za­das na pági­na dis­po­ní­vel em www.caminhos.info/simposio/publico

Voluntariado

Os Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês são um con­jun­to de acti­vi­da­des que cul­mi­nam na for­ma do úni­co fes­ti­val gene­ra­lis­ta dedi­ca­do à fil­mo­gra­fia naci­o­nal. É igual­men­te o mai­or fes­ti­val rea­li­za­do em con­tex­to uni­ver­si­tá­rio. Ini­ci­a­ram-se estes cami­nhos em 1988 na for­ma de mos­tra, rea­li­zan­do-se as três pri­mei­ras edi­ções até 1990, sen­do reto­ma­dos sob a for­ma de fes­ti­val em 1997. Des­de então têm pro­mo­vi­do a cine­ma­to­gra­fia naci­o­nal acom­pa­nhan­do o seu cres­ci­men­to. Apre­sen­ta-se com duas sec­ções com­pe­ti­ti­vas onde atri­bui 26 pré­mi­os e vári­as sec­ções para­le­las. Pre­sen­te­men­te o fes­ti­val é o úni­co even­to que colo­ca em com­pe­ti­ção não só a fil­mo­gra­fia pro­fis­si­o­nal e aca­dé­mi­ca, mas tam­bém todos os con­tri­bu­tos téc­ni­cos que per­mi­tem a mate­ri­a­li­za­ção do cine­ma con­tem­po­râ­neo por­tu­guês. Para além da exi­bi­ção os Cami­nhos pro­mo­vem um con­jun­to de acti­vi­da­des de for­ma­ção e inves­ti­ga­ção prá­ti­ca e teó­ri­ca sobre a séti­ma arte.

A sua orga­ni­za­ção é leva­da a cabo por uma estru­tu­ra volun­tá­ria, mai­o­ri­ta­ri­a­men­te estu­dan­tes uni­ver­si­tá­ri­os, da qual tu tam­bém podes fazer par­te. Tal como um fil­me, um fes­ti­val é fei­to de cum­pli­ci­da­de entre os ele­men­tos da orga­ni­za­ção que têm res­pon­sa­bi­li­da­de em áre­as tão dis­tin­tas como o aco­lhi­men­to de con­vi­da­dos, a assis­tên­cia de sala, a ani­ma­ção sócio-cul­tu­ral, a comu­ni­ca­ção, design e mar­ke­ting, bem como a logís­ti­ca, o regis­to audio-visu­al, a pro­gra­ma­ção, as tra­du­ções e a coor­de­na­ção edi­to­ri­al.

É uma opor­tu­ni­da­de de alar­gar os hori­zon­tes da tua expe­ri­ên­cia uni­ver­si­tá­ria e conhe­ce­res por den­tro o uni­ver­so cine­ma­to­grá­fi­co naci­o­nal. Os alu­nos da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra pode­rão usu­fruir de suple­men­to ao diplo­ma. Se tens curi­o­si­da­de e von­ta­de de aju­dar a cons­truir os Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, incre­ve-te! Sabe mais em www.caminhos.info/voluntariado