Centro de Estudos Cinematográficos

Português “Hunting Day” entre os melhores na STRAIGHT 8, competição internacional de filmes em super 8

A cur­ta-metra­gem do rea­li­za­dor Alber­to Sei­xas encon­tra-se entre as 25 melho­res numa sele­ção que con­tou com cer­ca de 200 fil­mes de 26 paí­ses.

Curta-metragem Cinema Portugus

A curta-metragem do realizador Alberto Seixas encontra-se entre as 25 melhores numa seleo que contou com cerca de 200 filmes de 26 pases.

Há um filme português entre os 25 selecionados para o STRAIGHT 8, uma competição internacional dedicada à exibição de curtas-metragens no formato super 8.

“Hun­ting Day”, rea­li­za­do por Alber­to Sei­xas, é um dra­ma que abor­da um dia no per­cur­so de sobre­vi­vên­cia de um homem erran­te.

A sele­ção este­ve a car­go de um júri de pro­fis­si­o­nais que incluiu o rea­li­za­dor ven­ce­dor de um Óscar Asif Kapa­dia (“Sen­na”, “Amy2, “Die­go Mara­do­na”) e o dire­tor de foto­gra­fia tam­bém pre­mi­a­do pela Aca­de­mia nor­te-ame­ri­ca­na de cine­ma Rob­bie Ryan (“Ame­ri­can Honey”, “The Favou­ri­te”, “Mar­ri­a­ge Story”).

As regras des­ta com­pe­ti­ção obri­gam à uti­li­za­ção de ape­nas uma bobi­ne de super 8, onde cada par­ti­ci­pan­te terá de fil­mar sem qual­quer de pós-pro­du­çao, com as cenas roda­das pela ordem em que serão exi­bi­das.

A reve­la­ção e digi­ta­li­za­ção da pelí­cu­la fica a car­go do STRAIGHT 8 o que, na prá­ti­ca, sig­ni­fi­ca que os par­ti­ci­pan­tes só podem ver o seu fil­me na data de estreia, hoje anun­ci­a­da pela orga­ni­za­ção.

Habi­tu­al­men­te com estrei­as em Can­nes e em Lon­dres, para os melho­res 8 e 25 fil­mes, res­pec­ti­va­men­te, a com­pe­ti­ção será este ano inte­gral­men­te exi­bi­da onli­ne, no site da STRAIGHT 8.

A 24 de junho, às 20h00, acon­te­ce a estreia dos melho­res oito fil­mes e a 26, à mes­ma hora, serão exi­bi­dos os melho­res 25, onde se encon­tra o por­tu­guês “Hun­ting Day”.

O fil­me de Alber­to Sei­xas, intei­ra­men­te roda­do em Celo­ri­co de Bas­to, a sua vila natal, con­ta com o ator João Mar­çal como pro­ta­go­nis­ta e é a segun­da expe­ri­ên­cia de rea­li­za­ção do cine­as­ta, depois do pre­mi­a­do docu­men­tá­rio “Um homem não é um homem só”, em 2018.

por CINEMAX
publi­ca­do 14:24 — 22 junho ’20

Recomendamos: Veja mais Artigos de Curta-metragem Cinema Portugus

Fon­te.