Centro de Estudos Cinematográficos

Sessões comentadas por António M. Batista, Rui Pedro Lamy, Raúl Losada e Pedro C. Carvalho

O ciclo “Arque­o­lo­gia pela Ima­gem em Movi­men­to” rece­be hoje, 22 de Mar­ço, e ama­nhã, 23 de Mar­ço, os pro­ta­go­nis­tas das obras cine­ma­to­grá­fi­cas exi­bi­das.
Hoje rece­be­mos Antó­nio M. Batis­ta, Dire­tor do Museu do Côa, que irá comen­tar o fil­me de João Bote­lho “A Arte da Luz tem 20 000 anos”. Antó­nio M. Batis­ta é um “Pré-his­to­ri­a­dor de arte” que irá cer­ta­men­te dar um con­tri­bu­to impor­tan­te sobre a heran­ça patri­mo­ni­al que hoje encon­tra­mos do vale do Côa.

Ama­nhã, por oca­sião da exi­bi­ção dos fil­mes “Fun­de­a­dou­ro Roma­no em Oli­si­po” e “O Ouro de Tres­mi­nas”, rece­be­mos a visi­ta dos rea­li­za­do­res Rui Pedro Lamy e Raúl Losa­da, bem como do pro­fes­sor e inves­ti­ga­dor Pedro Car­va­lho.

Con­vi­da­mos-vos a esta­rem pre­sen­tes num momen­to úni­co da região, em que pro­por­ci­o­na­mos um even­to onde o cine­ma e a ciên­cia se cru­zam e nos abrem novas pers­pec­ti­vas sobre o nos­so mun­do con­tem­po­râ­neo.

Ciclo de Cinema “Paisagens Culturais”

O Cen­tro de Estu­dos Cine­ma­to­grá­fi­cos e o Museu Mono­grá­fi­co de Conim­bri­ga apre­sen­tam como pro­gra­ma­ção cul­tu­ral no âmbi­to do Dia Inter­na­ci­o­nal dos Museus, este ano sob a dire­triz “Museus e Pai­sa­gens Cul­tu­rais”, um Ciclo de Cine­ma.