Centro de Estudos Cinematográficos

Seder-Masochism

O cine­ma é, para além de um objec­to lúdi­co, uma fer­ra­men­ta de comu­ni­ca­ção, edu­ca­ção e sen­si­bi­li­za­ção. Con­ti­nu­an­do a pro­mo­ção do cine­ma de ani­ma­ção como uma fer­ra­men­ta crí­ti­ca da soci­e­da­de é exi­bi­da a 12 de Feve­rei­ro, às 21h45 no Mini-Audi­­tó­­rio Sal­ga­do Zenha, a lon­­ga-metra­­gem Seder-Maso­­chism, de Nina Paley.

Estre­a­da em 2018 no fes­ti­val de Annecy e ven­ce­do­ra do pré­mio do públi­co do fes­ti­val pola­co Ani­ma­tor, é uma pelí­cu­la que explo­ra o “Livro do Êxo­do”, espe­ci­al­men­te his­tó­ri­as asso­ci­a­das ao Sêder de Pes­sa­ch, como a mor­te do pri­mo­gê­ni­to egíp­cio e Moi­sés levan­do os isra­e­li­tas à escra­vi­dão no Egi­to. O fil­me des­cre­ve esses even­tos em um cená­rio de cul­to gene­ra­li­za­do à Gran­de Deu­sa Mãe, mos­tran­do a ascen­são do patri­ar­ca­do.

O cine­ma é, para além de um objec­to lúdi­co, uma fer­ra­men­ta de comu­ni­ca­ção, edu­ca­ção e sen­si­bi­li­za­ção. Con­ti­nu­an­do a pro­mo­ção do cine­ma de ani­ma­ção como uma fer­ra­men­ta crí­ti­ca da soci­e­da­de é exi­bi­da a 12 de Feve­rei­ro, às 21h45 no Mini-Audi­­tó­­rio Sal­ga­do Zenha, a lon­­ga-metra­­gem Seder-Maso­­chism, de Nina Paley.

Estre­a­da em 2018 no fes­ti­val de Annecy e ven­ce­do­ra do pré­mio do públi­co do fes­ti­val pola­co Ani­ma­tor, é uma pelí­cu­la que explo­ra o “Livro do Êxo­do”, espe­ci­al­men­te his­tó­ri­as asso­ci­a­das ao Sêder de Pes­sa­ch, como a mor­te do pri­mo­gê­ni­to egíp­cio e Moi­sés levan­do os isra­e­li­tas à escra­vi­dão no Egi­to. O fil­me des­cre­ve esses even­tos em um cená­rio de cul­to gene­ra­li­za­do à Gran­de Deu­sa Mãe, mos­tran­do a ascen­são do patri­ar­ca­do.