A construção de uma banda sonora.

A Ban­da Sono­ra é um aspe­to basi­lar de qual­quer obra cine­ma­to­grá­fi­ca, rea­li­zan­do-se habi­tu­al­men­te nas últi­mas fases da pós-pro­du­ção de um fil­me. A sua impor­tân­cia, por vezes, é tão ele­va­da que em alguns dos casos é tão conhe­ci­da quan­to o pró­prio fil­me. A co-exis­tên­cia na mes­ma obra de dife­ren­tes ambi­en­tes sono­ros desen­ca­deia emo­ções dis­se­me­lhan­tes, sen­do a ban­da sono­ra de um fil­me um veí­cu­lo trans­por­ta­dor de emo­ções. O pro­ces­so de cri­a­ção de músi­ca ori­gi­nal para acom­pa­nhar um meio visu­al, que come­ça com enfo­que na esté­ti­ca, ter­mi­no­lo­gia, pro­ce­di­men­tos e aspe­tos téc­ni­cos de músi­ca para fil­me. Pedro Jane­la, res­pon­sá­vel pela for­ma­ção nes­te módu­lo, tem assi­na­do a com­po­si­ção musi­cal de obras cine­ma­to­grá­fi­cas e tele­vi­si­vas, ten­do-se afir­ma­do como uma das refe­rên­ci­as naci­o­nais nes­te cam­po.

Nes­te módu­lo, que se rea­li­za­rá no pró­xi­mo dia 3 de junho, os for­man­dos terão a opor­tu­ni­da­de de, em pri­mei­ra mão, apren­der como se pen­sa e cria um ambi­en­te musi­cal para a sua cur­ta-metra­gem “A Cos­tu­rei­ri­nha”, com enfo­que na esté­ti­ca, ter­mi­no­lo­gia, pro­ce­di­men­tos e aspe­tos téc­ni­cos da músi­ca no meio cine­ma­to­grá­fi­co.

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: A cons­tru­ção de uma ban­da sono­ra..