O Fim da Inocência” é o filme português mais visto do ano

Em 2017, faltaram bons resultados às produções nacionais nas salas de cinema portuguesas.
Centro de Estudos Cinematográficos

Box Office Cinema Portugus

Em 2017, faltaram bons resultados s produes nacionais nas salas de cinema portuguesas.

Trailer/Cartaz/Sinopse:
O Fim da Inoc
O Fim da Inocn­cia O Fim da Inocn­cia con­ta a his­tria de Ins, mas no s. tambm a his­tria de mui­tos jovens que vivem uma vida dupla, lon­ge dos olha­res dos pais, mes­mo quan­do estes se jul­gam os melho­res e mais pre­sen­tes pais do mun­do. Aos olhos de todos, prin­ci­pal­men­te dos seus pais, Ins a meni­na per­fei­ta. Estu­da num dos mais caros e repu­ta­dos col­gi­os da Linha de Cas­cais e o seu ncleo de ami­gos …

Adaptado do romance homónimo de Francisco Salgueiro, “O Fim da Inocência”, realizado por Joaquim Leitão, é o filme português mais visto do ano com 48.276 espectadores desde a estreia a 30 de novembro.

Num ano sem suces­sos de bilhe­tei­ra para o cine­ma naci­o­nal, bas­ta­ram duas sema­nas nas salas para que a his­tó­ria de ado­les­cen­tes a viver uma peri­go­sa vida dupla ascen­des­se ao topo da lis­ta.

Ain­da na casa dos 40 mil espec­ta­do­res seguem-se “Jacin­ta”, de Jor­ge Pai­xão da Cos­ta (45.561 espec­ta­do­res); “Per­di­dos”, de Sér­gio Gra­ci­a­no (43.600 espec­ta­do­res); e “São Jor­ge”, de Mar­co Mar­tins (41.990 espec­ta­do­res).

    por
    publi­ca­do 15:33 — 15 dezem­bro ’17

    Recomendamos: Veja mais Artigos de Box Office Cinema Portugus

    Fon­te.