Arquivo de etiquetas: caminhos

‘Nunca é Tarde’ seleccionado na 7.ª edição do FARCUME

O percurso de ‘Nunca é Tarde’ pelos festivais de cinema continua. Depois de Avanca, Figueira da Foz, Famalicão, Coimbra e Leira, passando primeiro por Mulvane no estado do Kansas, eis que o filme chega a Faro. A curta-metragem produzida no âmbito da 4.ª do Curso de Cinema Cinemalogia ‘da ideia ao filme’ promovido pelo Festival Caminhos Cinema Português, foi seleccionada pelo FARCUME – Festival Internacional de Curtas-Metragens de Faro -conjuntamente com outros 58 trabalhos proveniente de 17 países, na categoria de Ficção. A sétima edição deste festival realizar-se-á de 21 a 26 de de Agosto.

+ em: ‘Nunca é Tarde’ seleccionado na 7.ª edição do FARCUME

Call for Movies

Encontram-se abertas as inscrições para a 23.ª Edição do Festival Caminhos do Cinema Português. Entre o dia 20 de Julho e o dia 10 de Setembro poderão ser submetidas via FilmFreeway as obras para a Selecção Caminhos e Selecção Ensaios.

O Festival Caminhos do Cinema Português tem sido, desde 1988, um dos principais referentes no panorama cinematográfico nacional. Apresentando-se como o único festival dedicado ao cinema português em todas as suas vertentes (projetos finais de escolas de cinema, animação, documentário, curta-metragem e longa-metragem), mostra-se como a derradeira montra das obras cinematográficas que anualmente são produzidas em Portugal.

Este evento é a oportunidade de juntar criadores e espectadores num único espaço de interacção artística, um local onde se pode acompanhar na primeira pessoa a evolução da indústria cinematográfica nacional.

Abrimos o evento a Juniores, Seniores, Escolas de Cinema, editoras e livreiros – a toda a produção portuguesa nacional -, proporcionando um espaço de união das artes pelo Cinema, o qual é festejado em cada uma das nossas edições.

A construção de uma banda sonora.

A Banda Sonora é um aspeto basilar de qualquer obra cinematográfica, realizando-se habitualmente nas últimas fases da pós-produção de um filme. A sua importância, por vezes, é tão elevada que em alguns dos casos é tão conhecida quanto o próprio filme. A co-existência na mesma obra de diferentes ambientes sonoros desencadeia emoções dissemelhantes, sendo a banda sonora de um filme um veículo transportador de emoções. O processo de criação de música original para acompanhar um meio visual, que começa com enfoque na estética, terminologia, procedimentos e aspetos técnicos de música para filme. Pedro Janela, responsável pela formação neste módulo, tem assinado a composição musical de obras cinematográficas e televisivas, tendo-se afirmado como uma das referências nacionais neste campo.
Neste módulo, que se realizará no próximo dia 3 de junho, os formandos terão a oportunidade de, em primeira mão, aprender como se pensa e cria um ambiente musical para a sua curta-metragem “A Costureirinha”, com enfoque na estética, terminologia, procedimentos e aspetos técnicos da música no meio cinematográfico.

+ em: A construção de uma banda sonora.

Nuno Garcia encerra a 6.ª edição do curso ‘cinemalogia’ com o módulo de “Colour Grading”

“Colour Grading” é o processo de alterar e melhorar a cor de uma imagem, fixa ou em movimento, através de processos foto-químicos, electrónicos ou digitais. Neste processo é possível melhorar ou até reparar a imagem obtida aquando das rodagens ou ainda introduzir efeitos sobre o plano. O seu propósito é ajudar a criar ou reforçar o ambiente narrativo do filme na estética dos quadros que atravessam uma obra cinematográfica.
Nos dias 10 e 11 de Junho, o curso cinemalogia, recebe o colorista Nuno Garcia que irá coordenar a formação nesta fase de trabalho da pós-produção da curta-metragem “A Costureirinha”. As inscrições continuam disponíveis em www.caminhos.info/cinemalogia-ins

+ em: Nuno Garcia encerra a 6.ª edição do curso ‘cinemalogia’ com o módulo de “Colour Grading”