Centro de Estudos Cinematográficos

Caminhos levam os Juniores a descobrir o cinema português

Os “Cami­nhos Juni­o­res”, inse­ri­dos na 24ª edi­ção do Fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, têm como prin­ci­pal obje­ti­vo apro­xi­mar o públi­co infan­til, do pré-esco­lar e do 1º ciclo (das esco­las de Coim­bra), à 7ª Arte, ten­do uma inter­ven­ção cívi­ca e huma­na. A ati­vi­da­de irá decor­rer no Tea­tro Aca­dé­mi­co Gil Vicen­te, entre os dias 26 a 30 de novem­bro, às 10h00 e dia 1 de dezem­bro às 11h00.

Aqui, milha­res de cri­an­ças tem a opor­tu­ni­da­de de con­tac­tar, alguns pela pri­mei­ra vez, com o cine­ma, numa sala pró­pria, com uma tela gigan­te e som que per­cor­re todo o ambi­en­te. Toda a pro­gra­ma­ção tem o intui­to de trans­mi­tir a este públi­co uma men­sa­gem e uma apren­di­za­gem fei­ta de for­ma dife­ren­te.

Esta é uma das ati­vi­da­des do fes­ti­val diri­gi­da para a comu­ni­da­de atu­an­do na pro­mo­ção de hábi­tos de con­su­mo do nos­so cine­ma, bem como na edu­ca­ção da lite­ra­cia visu­al atra­vés de um con­jun­to de fichas peda­gó­gi­cas que os docen­tes pode­rão explo­rar fin­da a ses­são.

A sec­ção, res­pon­sá­vel pela ati­vi­da­de, apre­sen­ta-se como um ser­vi­ço edu­ca­ti­vo, ten­do por base ape­nas a expe­ri­men­ta­ção in loco de mui­tos minu­tos de pura magia para as cri­an­ças, e que tor­na­rá pos­sí­vel a cri­a­ção de hábi­tos de con­su­mo des­de a infân­cia no que diz res­pei­to ao cine­ma por­tu­guês.

Entre os diver­sos fil­mes a serem exi­bi­dos podem-se des­ta­car, Candy Island, pro­du­zi­do pelo Agru­pa­men­to de esco­las Dr. Mário Fon­se­ca – Noguei­ra e Casa Museu de Vilar, The Blue But­ter­fly, pro­du­zi­do pela Asso­ci­a­ção Ins­tan­tes Mutan­tes e Casa Museu de Vilar ou O Zé Pim­pão, o Ace­le­ra, de André Letria, pro­du­zi­do por Ani­ma­nos­tra.

Até dia 23 de novem­bro, é pos­sí­vel os gru­pos ins­cre­ve­rem-se para as ses­sões dos dias 28, 29 e 30 do mes­mo mês.

Para mais infor­ma­ções: https://www.caminhos.info/programacao/reservas-caminhos-juniores/

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Cami­nhos levam os Juni­o­res a des­co­brir o cine­ma por­tu­guês.