Centro de Estudos Cinematográficos

Shortcutz Ovar retoma sessões em sala a 18 junho

O pri­mei­ro even­to públi­co na cida­de depois da cer­ca sani­tá­ria reto­ma a quar­ta tem­po­ra­da inter­rom­pi­da em mar­ço.

Cinema Portugus Curta-metragem

O primeiro evento pblico na cidade depois da cerca sanitria retoma a quarta temporada interrompida em maro.

O cinema português em curta-metragem regressa à sala em Ovar com uma sessão a 18 junho que permitirá retomar a 4ª temporada iniciada em janeiro de 2020 e interrompida em março, abril e maio.

A ses­são de cine­ma será o pri­mei­ro even­to com públi­co a acon­te­cer na cida­de de Ovar após o iso­la­men­to de um mês duran­te a cer­ca sani­tá­ria decre­ta­da após um sur­to da Covid 19. Curi­o­sa­men­te, o últi­mo even­to públi­co na cida­de foi a Fes­ta dos pre­mi­a­dos do Short­cutz Ovar 2019, a 6 de mar­ço.

Duran­te este perío­do, o Short­cutz Ovar rea­li­zou nove ses­sões onli­ne exi­bin­do sema­nal­men­te as 30 cur­tas-metra­gens da sele­ção ofi­ci­al que tinham sido pro­je­ta­das em sala em 2019. Uma pro­gra­ma­ção onli­ne que regis­tou mais de mil visu­a­li­za­ções com um tem­po médio de 45 minu­tos.

A nova tem­po­ra­da é reto­ma­da na sala mais ampla da Esco­la de Artes e Ofí­ci­os (EAO), com luga­res mar­ca­dos, ins­cri­ção pré­via e inter­va­lo de uma cadei­ra entre cada espec­ta­dor.

Além dis­so, a calen­da­ri­za­ção será alte­ra­da com a rea­li­za­ção de ses­sões quin­ze­nais em vez da habi­tu­al pro­gra­ma­ção men­sal. A pri­mei­ra meta­de da tem­po­ra­da pros­se­gue a 18 junho, 2 julho, 16 julho e 30 julho. Inter­rom­pe­rá em agos­to como é habi­tu­al, pros­se­guin­do depois em setem­bro, outu­bro e novem­bro.

A sele­ção ofi­ci­al com­pe­ti­ti­va 2020 do Short­cutz Ovar exi­bi­rá 30 fil­mes pro­du­zi­dos em 2019.

Nas pró­xi­mas 4 ses­sões será pos­sí­vel ver as cur­tas-metra­gens de ima­gem real “Lis­boa 2018”, de Fran­cis­co Valen­te, “Um Retra­to de Bor­bo­le­tas”, de Hen­ri­que Pru­dên­cio, “Cenas de Uma Vida Amo­ro­sa”, de Miguel Afon­so, “Filo­me­na”, de Pedro Cabe­lei­ra, “A Gre­e­nhou­se”, de Fran­cis­co Perei­ra Cou­ti­nho, “Quan­to For Tar­de”, de Matil­de Cala­do, “Estas Mãos São Minhas”, de André Fer­rei­ra, e as ani­ma­ções “Nes­tor”, de João Gon­za­lez, “Equi­nox”, de Bru­no Car­ni­de, “Insi­de Me”, de Maria Tri­go, e “Ode à Infân­cia”, de João Mon­tei­ro e Luis Vidal.

O jovem rea­li­za­dor Rui Espe­ran­ça esta­rá pre­sen­te nes­ta fase da pro­gra­ma­ção com duas cur­tas-metra­gens em com­pe­ti­ção — “Os Inú­teis” e “18”. A rea­li­za­do­ra luso-fran­ce­sa Cristè­le Alves Mei­ra regres­sa a Ovar com “Herói Invi­sí­vel”, três anos depois de ter rece­bi­do o pré­mio de melhor cur­ta-metra­gem na pri­mei­ra tem­po­ra­da do Short­cutz Ovar, em 2017, com “Cam­po Víbo­ras”.

por CINEMAX actu­a­li­za­do às 17:35 — 11 junho ’20
publi­ca­do 17:34 — 11 junho ’20

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Portugus Curta-metragem

Fon­te.