Centro de Estudos Cinematográficos

Hotel Royal” na competição do Festival de Locarno

publi­ci­da­de

O fil­me tem estreia mun­di­al no dia 6, no fes­ti­val suí­ço, que decor­re entre 4 e 14 de agos­to. Terá ain­da outras duas ses­sões a 7 e 8 de agos­to. A com­pe­ti­ção Cor­ti d?Autore (Cur­tas de autor), para a qual foi sele­ci­o­na­do, é um novo pro­gra­ma com­pe­ti­ti­vo dedi­ca­do a cur­tas e médi­as metra­gens de cine­as­tas con­sa­gra­dos que estre­a­ram pre­vi­a­men­te longas-metragens.

Para Salo­mé Lamas esta tam­bém é a sua estreia em Locar­no, um dos prin­ci­pais fes­ti­vais inter­na­ci­o­nais de cinema. 

Hotel Royal? cen­tra-se nas difi­cul­da­des de rela­ci­o­na­men­to e aná­li­ses de uma Cama­rei­ra tem­po­rá­ria de um gran­de hotel à bei­ra-mar. De acor­do com a sinop­se, “é um frag­men­to e incom­ple­to mosai­co das soci­e­da­des con­tem­po­râ­ne­as. Pode­ria ser ape­li­da­do de um fil­me sobre os hor­ro­res da alma, sobre voyeurs ou sim­ples­men­te sobre inadaptados?.

O fil­me con­ta com a par­ti­ci­pa­ção dos ato­res Ana Morei­ra, Car­lo­to Cot­ta e Tomás Antu­nes e foto­gra­fia de Rui Xavi­er. A pro­du­ção é de O Som […] 

fon­te: “Hotel Royal” na com­pe­ti­ção do Fes­ti­val de Locarno

publi­ci­da­de
publi­ci­da­de