A CRIANÇA, produzido pela Leopardo Filmes, está na Competição do Festival de Roterdão

publi­ci­da­de

O fil­me é uma adap­ta­ção livre do con­to “O Órfão? de Hein­ri­ch­von Kleist. De acor­do com o comu­ni­ca­do da Leo­par­do Fil­mes, Hil­le­rin eDu­til­loy-Lié­ge­ois, tam­bém auto­res do argu­men­to, trans­por­tam o fil­me para osé­cu­lo XVI por­tu­guês. “Lis­boa é uma cida­de cos­mo­po­li­ta, onde o apo­geu de umpo­der que a expan­são trou­xe­ra se come­ça a esbo­ro­ar, ao mes­mo tem­po que seins­ta­la a rigi­dez de uma Inqui­si­ção cada vez mais pre­po­ten­te. Per­to de Lisboa,Bela (João Arrais), um ado­les­cen­te adop­ta­do por um casal fran­co-por­tu­guês dea­bas­ta­dos nego­ci­an­tes, vive uma inten­sa his­tó­ria de amor com Rosa (Inês Pires­Ta­va­res) e uma his­tó­ria de ami­za­de com Jac­ques (Loïc Cor­bery), ami­go dos pais adotivos.Bela ten­ta encon­trar o seu lugar, mas uma suces­são de acon­te­ci­men­tos (cau­sa­dos­por equí­vo­cos e ambi­gui­da­des, ou pelo ciú­me?), con­du­zem ao desastre?.O elen­co inter­na­ci­o­nal de “A Cri­an­ça? con­ta com ospor­tu­gue­ses João Arrais, Inês Pires Tava­res, Alba Bap­tis­ta, Maria João Pinho,Albano […]

fon­te: A CRIANÇA, pro­du­zi­do pela Leo­par­do Fil­mes, está na Com­pe­ti­ção do Fes­ti­val de Roterdão

publi­ci­da­de