Cinco produções portuguesas no Festival Ibérico de Cinema de Badajoz

publi­ci­da­de

A lon­ga-metra­gem de Sér­gio Gra­ci­a­no sobre a vida do Capi­tão­de Abril vai ter estreia em Espa­nha nes­te fes­ti­val, que é sobre­tu­do dedi­ca­do­a­os for­ma­tos mais curtos.Nos 5 dias des­te even­to serão exi­bi­das as seguin­tes cur­tas-metra­gens­por­tu­gue­sas:- “O Lobo Soli­tá­rio?, de Fili­pe Melo, que recen­te­men­te foi­dis­tin­gui­da com Pré­mio Sophia’22, da Aca­de­mia Por­tu­gue­sa de Cine­ma como Melhor­cur­ta-metra­gem de fic­ção, ven­ceu o pré­mio do públi­co no 29º Cur­tas de Vila doCon­de e o do 9º Lei­ria Film Fest para Melhor cur­ta-metra­gem de fic­ção nacional,passará no dia 20 de julho.- “Luz dePre­sen­ça?, de Dio­go Cos­ta Ama­ran­te, acon­te­ce numa noi­te chu­vo­sa, quan­do “umho­mem tris­te sai de casa para entre­gar uma car­ta. Pelo cami­nho, numa esquina,cruza-se com uma mulher que o avi­sa para ter aten­ção à estra­da, que o piso estáescorregadio. […] 

fon­te: Cin­co pro­du­ções por­tu­gue­sas no Fes­ti­val Ibé­ri­co de Cine­ma de Badajoz

publi­ci­da­de