Curtas portuguesas no Curta Kinoforum

CALIFORNIA, de Nuno Baltazar, LETTERS FROM CHILDHOOD, de José Magro, e RUSSA, de João Salaviza e Ricardo Alves Jr. são as curtas-metragens portuguesas selecionadas para a Mostra Internacional, na categoria de Filmes Internacionais, da 29.
CALIFORNIA, de Nuno Bal­ta­zar, LETTERS FROM CHILDHOOD, de José Magro, e RUSSA, de João Sala­vi­za e Ricar­do Alves Jr. são as cur­tas-metra­gens por­tu­gue­sas sele­ci­o­na­das para a Mos­tra Inter­na­ci­o­nal, na cate­go­ria de Fil­mes Inter­na­ci­o­nais, da 29.ª edi­ção do Fes­ti­val Inter­na­ci­o­nal de Cur­tas-Metra­gens de São Pau­lo. Na sele­ção dedi­ca­da aos fil­mes bra­si­lei­ros, está incluí­da, na sec­ção Cine­ma em Cur­so, a cur­ta-metra­gem SEMPRE VEREI CORES NO SEU CINZA, de Ana­be­la Roque, indi­ca­da pelo fes­ti­val como sen­do uma copro­du­ção Brasil/Portugal.

O Fes­ti­val, que não tem sec­ções com­pe­ti­ti­vas, tem como prin­ci­pal obje­ti­vo “exi­bir fil­mes que con­tri­bu­am para o desen­vol­vi­men­to da cur­ta-metra­gem, no seu for­ma­to espe­cí­fi­co e na sua for­ma de pro­du­ção”, pode ler-se no sítio do fes­ti­val.

Em cada edi­ção, o públi­co esco­lhe os vin­te fil­mes favo­ri­tos da pro­gra­ma­ção, aos quais são atri­buí­dos incen­ti­vos, pré­mi­os e tro­féus ofe­re­ci­dos pelos par­cei­ros do Fes­ti­val. Na edi­ção ante­ri­or, um dos fil­mes des­ta­ca­dos pelo públi­co, na cate­go­ria Fil­me Bra­si­lei­ros, foi A GIS, de Thi­a­go Car­va­lha­es, uma copro­du­ção Portugal/Brasil.

Para a edi­ção de 2018 foram sele­ci­o­na­das mais de 200 cur­tas-metra­gens, per­to de 80 na cate­go­ria Fil­mes Inter­na­ci­o­nais, cer­ca de 30 na cate­go­ria Fil­mes Lati­no-Ame­ri­ca­nos e mais de 100 na cate­go­ria Fil­mes Bra­si­lei­ros.

Conhe­ça a sele­ção com­ple­ta no sítio do Fes­ti­val.

Fon­te.