Antevisão da XXIV edição

Centro de Estudos Cinematográficos
A XXIV edi­ção do fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma está cada vez mais per­to. Entre os dias 23 de novem­bro a 1 de dezem­bro, Coim­bra vai ser, uma vez mais, tela de uma das artes mais subli­mes. Dia 23 de novem­bro os Cami­nhos arran­cam com o Sim­pó­sio – “Fusões no Cine­ma” – em São João da Madei­ra, come­çan­do no dia seguin­te as ses­sões com­pe­ti­ti­vas, a par da ceri­mó­nia de aber­tu­ra.

Des­de 1988, este é um fes­ti­val aber­to à cele­bra­ção da arte cine­ma­to­grá­fi­ca. O esta­be­le­cer de pon­tes e mar­cas cul­tu­rais na cida­de é um impe­ra­ti­vo, bem como além-fron­tei­ras. Este ano con­tou com um total de 762 ins­cri­ções, ultra­pas­san­do, em lar­ga esca­la, os núme­ros da edi­ção ante­ri­or (316 ins­cri­ções). Das can­di­da­tu­ras rece­bi­das, – des­de lon­gas a cur­tas, ani­ma­ções a docu­men­tá­ri­os -323 eram por­tu­gue­sas e as res­tan­tes 439 de outros 65 paí­ses. O Bra­sil é o segun­do país com mais can­di­da­tu­ras, pelo que a lín­gua de Camões é domi­nan­te. Para além da lín­gua, os Cami­nhos são um refle­xo plu­ral da pro­du­ção anu­al de cine­ma naci­o­nal, cui­dan­do e pro­mo­ven­do as obras fíl­mi­cas pro­du­zi­das fora do eixo – Lis­boa e Por­to. Per­so­na Non Gra­ta, Fil­mó­gra­fo, Zêze­re ou ain­da as pro­du­ções do Ban­do à Par­te são essen­ci­ais para esta diver­si­da­de cura­to­ri­al.

As expec­ta­ti­vas são ele­va­das, com a intro­du­ção de novas sec­ções para­le­las e, aci­ma de tudo, com o reno­var da pro­gra­ma­ção do fes­ti­val cuja temá­ti­ca pre­do­mi­nan­te, no iní­cio das can­di­da­tu­ras, é sem­pre impre­vi­sí­vel. Con­tu­do, esta edi­ção, o pro­gra­ma con­ta com mais vari­e­da­de de géne­ros, lin­gua­gens, metra­gens e ori­gens da fil­mo­gra­fia, ape­lan­do à ade­são do públi­co. Pode­rão espe­rar uma pro­gra­ma­ção vas­ta e diver­sa nas sec­ções, que con­ta­rão com: 26 lon­gas, 110 cur­tas, 17 docu­men­tá­ri­os e 21 ani­ma­ções – o que cor­res­pon­de a um total de 74 horas, 5 minu­tos e 55 segun­dos de novos cami­nhos!

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Ante­vi­são da XXIV edi­ção.