Centro de Estudos Cinematográficos

Novo filme de Leonor Teles coleciona prémios antes do lançamento em Portugal

Dis­tin­gui­do nos fes­ti­vais de Mar del Pla­ta e Ami­ens, “Ter­ra Fran­ca” che­ga aos cine­mas naci­o­nais em janei­ro de 2019.

Documentrio Cinema Portugus

Distinguido nos festivais de Mar del Plata e Amiens, “Terra Franca” chega aos cinemas nacionais em janeiro de 2019.

“Terra Franca”, a primeira longa-metragem de Leonor Teles, recebeu este fim-de-semana dois prémios em festivais de cinema internacionais.

Na ceri­mó­nia de encer­ra­men­to da 33ª edi­ção do Fes­ti­val Inter­na­ci­o­nal de Cine de Mar del Pla­ta (Argen­ti­na), a 17 de novem­bro, “Ter­ra Fran­ca” rece­beu o Pré­mio de Melhor Pri­mei­ra Obra da Com­pe­ti­ção Inter­na­ci­o­nal (Pré­mio de la Crí­ti­ca Jovén). Um dia antes, em Fran­ça, no 38º Fes­ti­val Inter­na­ti­o­nal du Film d’Amiens, o docu­men­tá­rio fora agra­ci­a­do com o Prix de La Vil­le d’Amiens.

Estes pré­mi­os vêm jun­tar-se a outros como o SCAM Inter­na­ti­o­nal Award, no Fes­ti­val Cine­ma du Réel, a Men­ção Espe­ci­al no FIDADOC — Aga­dir Inter­na­ti­o­nal Docu­men­tary Fes­ti­val, e a Menção Espe­ci­al no Les Ren­con­tres Cine­ma­to­graphi­ques de Cerbè­re-Port­bou.

Leo­nor Teles fil­mou “Ter­ra Fran­ca” à bei­ra do Tejo, numa anti­ga comu­ni­da­de pis­ca­tó­ria, para acom­pa­nhar um Alber­ti­no Lobo, um homem que pas­sa o tem­po entre a tran­qui­li­da­de soli­tá­ria do rio e as rela­ções que o ligam à ter­ra, numa his­tó­ria que atra­ves­sa as qua­tro esta­ções e acom­pa­nha as con­tin­gên­ci­as da vida.

Pro­du­zi­do por Uma Pedra no Sapa­to, “Ter­ra Fran­ca” che­ga às salas de cine­ma por­tu­gue­sas a 10 de janei­ro de 2019.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Documentrio Cinema Portugus

Fon­te.