Crescer com Cinema Português

Os “Cami­nhos Juni­o­res”, inse­ri­dos na 25ª edi­ção do Fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, têm como prin­ci­pal obje­ti­vo apro­xi­mar o públi­co infan­til, do pré-esco­lar e do 1º ciclo (das esco­las de Coim­bra), à 7ª Arte, ten­do uma inter­ven­ção cívi­ca e huma­na. A ati­vi­da­de irá decor­rer no Tea­tro Aca­dé­mi­co Gil Vicen­te, entre os dias 25 a 29 de novem­bro.

Aqui, milha­res de cri­an­ças tem a opor­tu­ni­da­de de con­tac­tar, alguns pela pri­mei­ra vez, com o cine­ma, numa sala pró­pria, com uma tela gigan­te e som que per­cor­re todo o ambi­en­te. Toda a pro­gra­ma­ção tem o intui­to de trans­mi­tir a este públi­co uma men­sa­gem e uma apren­di­za­gem fei­ta de for­ma dife­ren­te.

A pro­gra­ma­ção des­ta sec­ção pro­cu­ra ir além da mera exi­bi­ção cine­ma­to­grá­fi­ca, con­ten­do linhas de ori­en­ta­ção para a des­co­ber­ta e des­co­di­fi­ca­ção das ani­ma­ções. Nela além da ficha téc­ni­ca encon­trar pro­pos­tas de aná­li­se que podem ser explo­ra­das, após o visi­o­na­men­to da ani­ma­ção.

Todo o tra­ba­lho de selec­ção e pro­gra­ma­ção das cur­tas-metra­gens de ani­ma­ção foi fei­to com o objec­ti­vo prin­ci­pal de con­tri­buir para o aper­fei­ço­a­men­to da edu­ca­ção, assim como esti­mu­lar as cri­an­ças a esta­be­le­ce­rem uma liga­ção mais for­te com o mun­do do cine­ma. As cur­tas-metra­gens que foram selec­ci­o­na­das apre­sen­tam, na sua mai­or par­te, uma índo­le cul­tu­ral e uma moral edu­ca­ti­va, que duma for­ma diver­ti­da irão che­gar aos mais peque­nos.

Ain­da exis­tem alguns luga­res dis­po­ní­veis para reser­va. Con­sul­te con­di­ções aqui.

 

#LINGO

REALIZADORES: Vicen­te Nirō
PRODUTOR: IPCA
TEMPO: 10 minu­tos e 30 segun­dos
ASSUNTO: As redes soci­ais e as suas reper­cus­sões nas pes­so­as.

SINOPSE: Para ultra­pas­sar a soli­dão e o des­pre­zo dos outros, Lin­go conec­ta-se nas redes soci­ais para ter algu­ma com­pa­nhia. Rapi­da­men­te, Lin­go vai per­ce­ber que os ami­gos onli­ne, os likes e as sel­fi­es não tra­zem feli­ci­da­de.

COMPREENDER: Ape­sar da vida nas redes soci­ais ser mais atra­en­te, fácil e pre­do­mi­nan­te nos dias de hoje, não nos pode­mos esque­cer que a vida real e os nos­sos fami­li­a­res e ami­gos são mais impor­tan­tes.

MAR-ME-QUER

REALIZADORES: Gra­ça Gomes
PRODUTOR: Car­la Augus­to
TEMPO: 7 minu­tos e 54 segun­dos

ASSUNTO: A polui­ção nos oce­a­nos

SINOPSE: Com a temá­ti­ca da polui­ção dos oce­a­nos como pano de fun­do, “Mar-me-quer”, fica tam­bém como um con­tri­bu­to das cri­an­ças envol­vi­das: mares e oce­a­nos, natu­re­za, feli­ci­da­de, equi­lí­brio, explo­ra­ção, polui­ção, mor­te. Mar-me-quer, bem-me-quer.

COMPREENDER: A impor­tân­cia dos oce­a­nos e da sua pro­te­ção.

ClimAgir (Filme Animado)

REALIZADORES: Jor­ge Ribei­ro
PRODUTOR: José Nunes
TEMPO: 5 minu­tos e 14 segun­dos

ASSUNTO: Sen­si­bi­li­za­ção para as alte­ra­ções cli­má­ti­cas na comu­ni­da­de inter­mu­ni­ci­pal da região de Coim­bra.

SINOPSE: Este fil­me ani­ma­do inse­re-se nas ati­vi­da­des do pro­je­to Cli­mA­gir, pro­je­to que tem como mas­co­te o Bolo­tas. O Bolo­tas (Sobrei­ro) é a per­so­na­gem prin­ci­pal e aler­ta os mais novos para as alte­ra­ções cli­má­ti­cos, expli­can­do as suas cau­sas, os seus impac­tos e o que todos deve­mos fazer.

COMPREENDER: O impac­to que as alte­ra­ções cli­má­ti­cas têm no ecos­sis­te­ma, com espe­ci­al ênfa­se nos ecos­sis­te­mas que nos são mais pró­xi­mos.

ARCADE BOYS