Alva, de Ico Costa, estreia a 16 de Janeiro

Alva, vencedor do Prémio Melhor Ficção Gesmo em 2019, estreia a 16 de Janeiro

Um fil­me sem arti­fí­ci­os. Belo, flui­do como as águas do rio. Mis­te­ri­o­so.”
— (Júri Cami­nhos 2019: Car­la Vas­con­ce­los, Hugo Van Der Ding, João Tel­mo, Lucin­da Lou­rei­ro, Pau­lo Car­nei­ro)

Alva, a pri­mei­ra lon­ga-metra­gem de fic­ção de Ico Cos­ta e ven­ce­do­ra de 3 pré­mi­os na XXV edi­ção dos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, estreia nos cine­mas por­tu­gue­ses no dia 16 de janei­ro 2020. O fil­me tem exi­bi­ção em Coim­bra nos Cine­mas NOS do Alma Shop­ping.

Alva, a pri­mei­ra lon­ga-metra­gem de fic­ção de Ico Cos­ta, vai estre­ar nos cine­mas por­tu­gue­ses no dia 16 de janei­ro 2020.

Depois da estreia abso­lu­ta no Fes­ti­val Inter­na­ci­o­nal de Cine­ma de Roter­dão e da exi­bi­ção em vári­os fes­ti­vais inter­na­ci­o­nais, este fil­me copro­du­zi­do pela Ter­ra­tre­me, Oublaum (PT), Un Puma (AR) e La Bel­le Affai­re Pro­duc­ti­ons (FR), foi roda­do no inte­ri­or de Por­tu­gal, nas mar­gens do rio que lhe dá nome.

Após come­ter um cri­me, um homem refu­gia-se na flo­res­ta. Roda­do no cen­tro de Por­tu­gal, em 16mm, o fil­me acom­pa­nha Hen­ri­que, um homem soli­tá­rio em fuga da sua vida e do mun­do. Num esti­lo pro­gres­si­va­men­te imer­si­vo vemo-nos trans­por­ta­dos para esse espa­ço de soli­dão, ques­ti­o­nan­do-nos sobre o que real­men­te move o pro­ta­go­nis­ta.

A deser­ti­fi­ca­ção do inte­ri­or, a vio­lên­cia nos mei­os rurais, o divór­cio e a sepa­ra­ção dos filhos são alguns dos temas abor­da­dos pelo fil­me.

Melhor Som: David Bada­lo

– O Som é a outra per­so­na­gem.

 

Melhor Mon­ta­gem: Fran­cis­co Morei­ra e Ana Godoy

– Exí­mio tra­ba­lho de elip­se.

 

Pré­mio Melhor Fic­ção Ges­Mo

– Um fil­me sem arti­fí­ci­os. Belo, flui­do como as águas do rio. Mis­te­ri­o­so.

FICHA TÉCNICA
com HENRIQUE BONACHO
rea­li­za­ção ICO COSTA
direc­ção de foto­gra­fia HUGO AZEVEDO
direc­ção de som DAVID BADALO
mon­ta­gem FRANCISCO MOREIRA, ANA GODOY
cor­rec­ção de cor ADA FRONTINI, RITA LAMAS
mon­ta­gem de som MARCOS CANOSA
mis­tu­ra JOAQUÍN ROSSON, SIMON APOSTOLOU
pro­du­to­res JOÃO MATOS, JERÓNIMO QUEVEDO, JÉRÔME BLESSON, ICO COSTA
pro­du­ção TERRATREME, UN PUMA, LA BELLE AFFAIRE PRODUCTIONS, OUBLAUM

Ico Cos­ta des­de 2012, par­ti­ci­pa regu­lar­men­te nos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês. Da sua fil­mo­gra­fia tive­ram selec­ção os fil­mes Libha­ke­ti (2012), Ante­ro (2014) e Nyo Vwe­ta Naf­ta (2017), além de Alva (2019), fil­me que ganhou 3 pré­mi­os na XXV edi­ção: Melhor Som, Melhor Mon­ta­gem e Melhor Fic­ção Ges­mo.

O seu tra­ba­lho tem vin­do a ser exi­bi­do em vári­os fes­ti­vais, como Sema­na da Crí­ti­ca em Can­nes, Locar­no, Roter­dão, Roma, Ciné­ma du Réel, New Directors/New Films, Oberhau­sen, Jih­la­va, Vila do Con­de, Indi­e­Lis­boa, DocLis­boa, entre mui­tos outros.

A pri­mei­ra lon­ga-metra­gem de Ico Cos­ta esta­rá em car­taz a par­tir de 16 de Janei­ro nas salas Cine­ma City Alva­la­de (Lis­boa), Cine­ma City Lei­ria (Lei­ria), Cine­ma NOS Alma Shop­ping (Coim­bra) e Cine­ma Trin­da­de (Por­to, com ses­são úni­ca e espe­ci­al a 22 de Janei­ro).

SESSÕES ESPECIAIS
Lis­boa – Cine­ma City Alva­la­de
16 Janei­ro: apre­sen­ta­ção com a pre­sen­ça de Ico Cos­ta e equi­pa do fil­me
17 Janei­ro: con­ver­sa com Acá­cio de Almei­da e Hugo Aze­ve­do (direc­to­res de foto­gra­fia)
18 Janei­ro: con­ver­sa com Vas­co Câma­ra (crí­ti­co e edi­tor do Ípsilon/Público)

Por­to – Cine­ma Trin­da­de
22 Janei­ro: *ses­são úni­ca* con­ver­sa com Adol­fo Luxú­ria Cani­bal (músi­co)

+ info em http://www.terratreme.pt/

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Alva, de Ico Cos­ta, estreia a 16 de Janei­ro.