Centro de Estudos Cinematográficos

Portugal no Mercado de Cannes

O ICA e a Por­tu­gal Film Com­mis­si­on estão pre­sen­tes no Mar­ché du Film 2020, com um stand vir­tu­al, para pro­mo­ver o cine­ma por­tu­guês e apre­sen­tar as van­ta­gens de Por­tu­gal como des­ti­no de fil­ma­gens.


O ICA e a Por­tu­gal Film Com­mis­si­on estão pre­sen­tes no Mar­ché du Film 2020, com um stand vir­tu­al, para pro­mo­ver o cine­ma por­tu­guês e apre­sen­tar as van­ta­gens de Por­tu­gal como des­ti­no de fil­ma­gens.

Ape­sar da não rea­li­za­ção, nos seus mol­des habi­tu­ais, do Fes­ti­val de Cine­ma de Can­nes, o Mar­ché du Film, mer­ca­do da indús­tria cine­ma­to­grá­fi­ca que decor­re, todos os anos, duran­te o Fes­ti­val, man­te­ve a sua edi­ção, trans­for­man­do-se num mer­ca­do vir­tu­al, que con­ta com os habi­tu­ais stands e pavi­lhões, exi­bi­ções de fil­mes, apre­sen­ta­ções, reu­niões, etc.

Além des­ta pre­sen­ça no mer­ca­do, Por­tu­gal con­ta a sele­ção de dois fil­mes no Fes­ti­val de Cine­ma Can­nes 2020. IN THE DUSK, de Sha­ru­nas Bar­tas (Lituâ­nia), copro­du­zi­do pela por­tu­gue­sa Ter­ra­tre­me, é um dos 56 fil­mes que com­põem a Sele­ção Ofi­ci­al Can­nes 2020 e O CORDEIRO DE DEUS, de David Pinhei­ro Vicen­te, inte­gra a sele­ção ofi­ci­al da com­pe­ti­ção de cur­tas-metra­gens.

Fon­te.