Centro de Estudos Cinematográficos

Crónica do Espectador Fantasma (1)

publi­ci­da­de

Vol­vi­do o seu quar­to de sécu­lo de exis­tên­cia cele­bra­do no ano pas­sa­do, o Fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês regres­sa em 2020 com um novo ímpe­to, bem mais des­te­mi­do a que nos habi­tu­ou. Seguin­do a ver­ten­te mais herói­ca que a mai­o­ria dos edu­ca­do­res pro­cu­ra enfa­ti­zar nos livros de his­tó­ria, a orga­ni­za­ção do Fes­ti­val apos­ta com um espí­ri­to de per­sis­tên­cia cul­tu­ral na con­fi­an­ça e cora­gem — quer dos espec­ta­do­res, quer dos cine­as­tas — em ir à sala de cine­ma nes­tes tem­pos incer­tos, de for­ma a eco­ar o man­tra actu­al­men­te publi­ci­ta­do nas redes soci­ais de #acul­tu­raé­se­gu­ra.

Sai­ba mais na seguin­te liga­ção: Cró­ni­ca do Espec­ta­dor Fan­tas­ma (1).

publi­ci­da­de