Sete animações portuguesas no Festival de Annecy

publi­ci­da­de

Nayo­la?, de José Miguel Ribei­ro, está na com­pe­ti­ção ofi­ci­a­le “Os Demó­ni­os do Meu Avô?, de Nuno Bea­to, foi sele­ci­o­na­do para a sec­ção não­com­pe­ti­ti­va, Con­tre­champ. “Inter­di­to a cães e ita­li­a­nos”, de Alai­nUghet­to, uma copro­du­ção mino­ri­tá­ria entre Fran­ça, Itá­lia, Suí­ça, Bél­gi­ca e a por­tu­gue­sa­O­ci­den­tal Fil­mes, tam­bém inte­gra a lis­ta de nome­a­dos a concurso.

nayola2Nayo­la? tem argu­men­to de Vir­gí­lio Almei­da e baseia-se nape­ça de tea­tro “A Cai­xa Pre­ta? de José Edu­ar­do Agua­lu­sa e Mia Cou­to. A his­tó­ri­a­tem como pano de fun­do Ango­la e a guer­ra civil que toca três gera­ções demulheres.Na sele­ção ofi­ci­al de cur­tas-metra­gens encon­tram-se duas­pro­du­ções da BAP Stu­dio: “Gar­ra­no”, de David Dou­tel e Vas­co Sá, e “Oho­mem do lixo”, de Lau­ra Gon­çal­ves. Esta últi­ma, aca­bou de ser agra­ci­a­da­com o grande […] 

fon­te: Sete ani­ma­ções por­tu­gue­sas no Fes­ti­val de Annecy

publi­ci­da­de