Centro de Estudos Cinematográficos
Cartaz Ciclo banner web

Fusões no Cinema

Fusões no Cine­ma” é o novo ciclo de cine­ma orga­ni­za­do pelos Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês e o Cen­tro de Estu­dos Cinematográficos. 

Pela câme­ra o cine­ma comu­ni­ca uma for­ma de olhar o mun­do e uma deter­mi­na­da rea­li­da­de. O manu­se­a­men­to da toda a para­fer­ná­lia téc­ni­ca e o domí­nio, da teo­ria e prá­ti­ca, de vári­as artes cons­trói a lin­gua­gem do cine­ma que nos pos­si­bi­li­ta cul­ti­var a expe­ri­ên­cia indi­vi­du­al e colec­ti­va, com a vivên­cia de outras per­so­nas num pro­ces­so que resul­ta, aci­ma de tudo, de um pro­ces­so de pro­du­ção cul­tu­ral colec­ti­va. À seme­lhan­ça de outras artes, tam­bém a pro­du­ção cine­ma­to­grá­fi­ca é um cons­tan­te dile­ma reche­a­do de ques­tões defi­ni­do­ras do seu carác­ter onde a inclu­são dos méto­dos de desen­vol­vi­men­to den­tro das nar­ra­ti­vas, pro­vo­ca o espec­ta­dor de dife­ren­tes formas. 

Cartaz Ciclo de Cinema Do Livro ao Filme

Do Livro ao Filme” — Ciclo de Cinema

Assim do livro ao fil­me não sin­to que algu­ma coi­sa de fun­da­men­tal se per­des­se para a inten­ção com que o rea­li­zei — como sin­to que algu­ma coi­sa de novo se cri­ou para lá da arte da ima­gem em que se transfigura.”
— Vir­gí­lio Ferreira

filmes+logos

20 Anos de Cinema PortuguÊs

Ali­cer­ça­do no mote 20 anos do fes­ti­val Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês, o Cen­tro de Estu­dos Cinematográficos/AAC sele­ci­o­nou 43 fil­mes que pas­sa­ram ao lon­go das XIX edi­ções do fes­ti­val e que melhor repre­sen­tam as diver­sas ver­ten­tes de cine­ma português.

bp 3

Temores — Ciclo de Cinema

De 4 de Abril a 13 de Junho, o Cen­tro de Estu­dos Cine­ma­to­grá­fi­cos da Asso­ci­a­ção Aca­dé­mi­ca de Coim­bra irá exi­bir, às quin­tas-fei­ras às 22:00, um ciclo de cine­ma inti­tu­la­do ‘TEMORES’, cuja linha con­ver­gen­te será a catar­se do espec­ta­dor atra­vés do sen­ti­men­to do medo. Um géne­ro de home­na­gem às pri­mei­ras expe­ri­ên­ci­as cine­ma­to­grá­fi­cas, lem­bre­mo-nos que o cine­ma foi cri­a­do não para cri­ar apa­tia em quem o obser­va, mas para cri­ar uma mudan­ça na sua psi­que, seja ela de que índo­le for. 

485726 493139474037161 977196192 n

Ciclo de Cinema em colaboração com a Amnistia Internacional

O Cen­tro de Estu­dos Cine­ma­to­grá­fi­cos, em par­ce­ria com o Núcleo de Coim­bra da Amnis­tia Inter­na­ci­o­nal, exi­be um ciclo de cine­ma dedi­ca­do aos direi­tos huma­nos. Vai acon­te­cer nos dias 24 e 26 de Setem­bro e nos dias 1 e 3 de Outu­bro no Mini Audi­tó­rio Sal­ga­do Zenha, sem­pre às 22h e com entra­da livre

De 19 de Abril a 28 de Junho pelas 22 horas. Entrada Livre

Ciclo de Cinema — Marginalidades

De 19 de Abril a 28 de Junho, todas as quin­tas-fei­ras pelas 22 horas, decor­re­rá o ciclo de cine­ma “Mar­gi­na­li­da­des”, inte­gra­do no pro­gra­ma cul­tu­ral da Quei­ma das Fitas 2012. Abar­can­do temas frac­tu­ran­tes, que pela for­ça das suas ima­gens, vivên­ci­as dos seus per­so­na­gens ou vio­lên­cia dos seus con­tex­tos, dese­nham retra­tos rea­lis­tas da con­di­ção de uma fran­ja da popu­la­ção. A pro­gra­ma­ção do ciclo retra­ta clas­ses soci­ais for­te­men­te opri­mi­das, ou rele­ga­das para uma cer­ta marginalidade.