Centro de Estudos Cinematográficos

Suspensão de Actividades

Devi­do ao sur­to do COVID-19 e toman­do em con­ta as reco­men­da­ções da Dire­ção Geral de Saú­de e os pla­nos de con­tin­gên­cia da Rei­to­ria da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra (UC) e Dire­ção Geral da Asso­ci­a­ção Aca­dé­mi­ca de Coim­bra (AAC), onde decor­rem as nos­sas prin­ci­pais acti­vi­da­des infor­ma­mos que sus­pen­de­mos as nos­sas acti­vi­da­des duran­te um perío­do míni­mo de 15 dias. Acres­cen­ta­mos que a AAC se encon­tra na Fase 3 — Ris­co Ele­va­do pre­vis­ta no pla­no de con­tin­gên­cia, deven­do todas as medi­das ser segui­das sem exce­ção.

O uso do Mini-Audi­tó­rio será sus­pen­so a todos os uti­li­za­do­res em igual perío­do.

O aten­di­men­to aos asso­ci­a­dos será rea­li­za­do por mar­ca­ção atra­vés do email [email protected]

As acti­vi­da­des pre­vis­tas serão reca­len­da­ri­za­das e comu­ni­ca­das opor­tu­na­men­te.

Lamen­ta­mos todos os incon­ve­ni­en­tes cau­sa­dos, mas é pelo inte­res­se comum da comu­ni­da­de.

Devi­do ao sur­to do COVID-19 e toman­do em con­ta as reco­men­da­ções da Dire­ção Geral de Saú­de e os pla­nos de con­tin­gên­cia da Rei­to­ria da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra (UC) e Dire­ção Geral da Asso­ci­a­ção Aca­dé­mi­ca de Coim­bra (AAC), onde decor­rem as nos­sas prin­ci­pais acti­vi­da­des infor­ma­mos que sus­pen­de­mos as nos­sas acti­vi­da­des duran­te o perío­do em que vigo­rar a sus­pen­são do fun­ci­o­na­men­to de todos os esta­be­le­ci­men­tos de ensi­no anun­ci­a­da pelo Gover­no de Por­tu­gal no dia 12 de Mar­ço de 2020.

Acres­cen­ta­mos que a AAC se encon­tra na Fase 3 — Ris­co Ele­va­do pre­vis­ta no seu pla­no de con­tin­gên­cia, deven­do todas as medi­das ser segui­das sem exce­ção.

O uso do Mini-Audi­tó­rio será sus­pen­so a todos os uti­li­za­do­res em igual perío­do. 

O aten­di­men­to aos asso­ci­a­dos será rea­li­za­do por mar­ca­ção e de for­ma não pre­sen­ci­al atra­vés do email [email protected]

As acti­vi­da­des pre­vis­tas serão reca­len­da­ri­za­das e comu­ni­ca­das opor­tu­na­men­te. 

Lamen­ta­mos todos os incon­ve­ni­en­tes cau­sa­dos, mas é pelo inte­res­se comum da comu­ni­da­de. 

Se este­ve numa área com trans­mis­são comu­ni­tá­ria ati­va do novo coro­na­ví­rus deve seguir as indi­ca­ções da DGS:
- Estar aten­to ao apa­re­ci­men­to de febre, tos­se ou difi­cul­da­de res­pi­ra­tó­ria;
- Medir a tem­pe­ra­tu­ra cor­po­ral duas vezes por dia e regis­tar os valo­res;
- Veri­fi­car se algu­ma das pes­so­as com quem con­vi­ve de per­to, desen­vol­vem sin­to­mas (febre, tos­se ou difi­cul­da­de res­pi­ra­tó­ria);
- Caso apa­re­ça algum dos sin­to­mas refe­ri­dos (no pró­prio ou nos seus con­vi­ven­tes), não se des­lo­car de ime­di­a­to aos ser­vi­ços de saú­de;
- Tele­fo­nar para o SNS24 (800 24 24 24);
- Seguir as ori­en­ta­ções do SNS24.

Nes­te qua­dro, soli­ci­ta-se que pro­fes­so­res, fun­ci­o­ná­ri­os, estu­dan­tes e inves­ti­ga­do­res regres­sa­dos de paí­ses par­ti­cu­lar­men­te crí­ti­cos em casos de COVID-19, fiquem em qua­ren­te­na volun­tá­ria, duran­te 14 dias, após a sua che­ga­da.

Recor­da-se que, “nas áre­as afe­ta­das a Orga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de (OMS) reco­men­da medi­das de higi­e­ne e eti­que­ta res­pi­ra­tó­ria para redu­zir a expo­si­ção e trans­mis­são da doen­ça:

- Tapar o nariz e boca quan­do espir­rar ou tos­sir (com len­ço de papel ou com o coto­ve­lo, nun­ca com as mãos; dei­tar sem­pre o len­ço de papel no lixo);
- Lavar as mãos fre­quen­te­men­te. Deve lavá-las sem­pre que se asso­ar, espir­rar, tos­sir ou após con­tac­to dire­to com pes­so­as doen­tes;
- Evi­tar con­tac­to pró­xi­mo com pes­so­as com infe­ção res­pi­ra­tó­ria.”

A DGS, no seu site, infor­ma ain­da que, “de acor­do com a situ­a­ção atu­al em Por­tu­gal, não está indi­ca­do o uso de más­ca­ra para pro­te­ção indi­vi­du­al, exce­to nas seguin­tes situ­a­ções:

- Pes­so­as com sin­to­mas de infe­ção res­pi­ra­tó­ria (tos­se ou espir­ro);
- Sus­pei­tos de infe­ção por COVID-19;
- Pes­so­as que pres­tem cui­da­dos a sus­pei­tos de infe­ção por COVID-19.

Como nota final, refor­ça-se que em caso de dúvi­das e sin­to­mas, deve­rá ser con­tac­ta­da a linha SNS24: 808 24 24 24. Deve tam­bém ser con­sul­ta­do regu­lar­men­te o site da DGS, onde a infor­ma­ção vai sen­do atu­a­li­za­da.

Em ane­xo dis­po­ni­bi­li­za­mos os Pla­nos de Con­tin­gên­cia da Uni­ver­si­da­de de Coim­bra e da Dire­ção Geral da Asso­ci­a­ção Aca­dé­mi­ca de Coim­bra, espa­ços em que nos inse­ri­mos.