Centro de Estudos Cinematográficos

Acesso ao financiamento para PME dos setores da cultura, criatividade e comunicação social

Este meca­nis­mo é geri­do pelo Fun­do Euro­peu de Inves­ti­men­to em nome da Comis­são Euro­peia e per­mi­te um melhor aces­so ao finan­ci­a­men­to para as PME nos seto­res cul­tu­rais e cri­a­ti­vos, incluin­do a comu­ni­ca­ção soci­al, a fim de as aju­dar no seu desen­vol­vi­men­to e a tor­na­rem-se mais com­pe­ti­ti­vas.


Este meca­nis­mo é geri­do pelo Fun­do Euro­peu de Inves­ti­men­to em nome da Comis­são Euro­peia e per­mi­te um melhor aces­so ao finan­ci­a­men­to para as PME nos seto­res cul­tu­rais e cri­a­ti­vos, incluin­do a comu­ni­ca­ção soci­al, a fim de as aju­dar no seu desen­vol­vi­men­to e a tor­na­rem-se mais com­pe­ti­ti­vas. Por­tu­gal é um dos 11 paí­ses onde dois acor­dos já foram assi­na­dos — com a Cai­xa Geral de Depó­si­tos e com o Mil­len­nium BCP – com um valor total de 225 milhões de euros.

Esta reu­nião será uma opor­tu­ni­da­de para conhe­cer como este ins­tru­men­to fun­ci­o­na, onde está dis­po­ní­vel e quais são os obje­ti­vos e para ter uma visão de 360° do finan­ci­a­men­to nos seto­res cul­tu­rais e cri­a­ti­vos — des­de as difi­cul­da­des enfren­ta­das pelos empre­en­de­do­res e as incer­te­zas viven­ci­a­das pelos pro­ve­do­res de finan­ci­a­men­to, até às for­mas de fazer com que esses dife­ren­tes mun­dos se encon­trem.

Para par­ti­ci­par deve ins­cre­ver-se, até 16 de junho, no link https://bit.ly/2XtFhK4

Em Por­tu­gal

Para saber mais sobre como podem ace­der a estes ins­tru­men­tos finan­cei­ros, as PME por­tu­gue­sas des­tes seto­res devem con­tac­tar as agên­ci­as da Cai­xa Geral de Depó­si­tos e do Mil­len­nium BCP – os dois ban­cos com quem o Fun­do Euro­peu de Inves­ti­men­to já assi­nou acor­dos no âmbi­to des­te meca­nis­mo em Por­tu­gal. Têm ain­da dis­po­ní­veis os con­tac­tos do Cen­tro de Infor­ma­ção Euro­pa Cri­a­ti­va em Por­tu­gal e da equi­pa da Comis­são Euro­peia (CNECT-I3@ec.europa.eu).

O Meca­nis­mo

Cons­ti­tuí­do em 2016 ao abri­go da ver­ten­te tran­se­to­ri­al do pro­gra­ma «Euro­pa Cri­a­ti­va», o Meca­nis­mo de Garan­tia para os seto­res Cul­tu­rais e Cri­a­ti­vos é o pri­mei­ro ins­tru­men­to de inves­ti­men­to da UE com um âmbi­to de apli­ca­ção tão alar­ga­do nos seto­res cul­tu­rais e cri­a­ti­vos, bene­fi­ci­an­do do apoio do Fun­do Euro­peu para Inves­ti­men­tos Estra­té­gi­cos, ele­men­to ful­cral do Pla­no de Inves­ti­men­to para a Euro­pa. Encon­tra aqui uma lis­ta de per­gun­tas e res­pos­tas para conhe­cer melhor o meca­nis­mo.

Con­cre­ta­men­te, o meca­nis­mo cobre par­te do ris­co e, assim, esti­mu­la os inter­me­diá­ri­os finan­cei­ros a dis­po­ni­bi­li­za­rem emprés­ti­mos a empre­sas des­tes seto­res. O resul­ta­do é per­mi­tir que as PME da cul­tu­ra, da cri­a­ti­vi­da­de e da comu­ni­ca­ção soci­al con­si­gam melhor aces­so e melho­res con­di­ções de finan­ci­a­men­to. Per­mi­te ain­da cri­ar pon­tes e capa­ci­ta­ção para col­ma­tar a dis­tân­cia que exis­te entre o mun­do finan­cei­ro e estes seto­res.

Euro­pa Cri­a­ti­va – apoio aos seto­res da cul­tu­ra e da cri­a­ti­vi­da­de

O pro­gra­ma «Euro­pa Cri­a­ti­va» é um pro­gra­ma com a dura­ção de sete anos (2014–2020) que dis­põe de um orça­men­to de 1,46 mil milhões de euros para o seu perío­do de vigên­cia. O seu obje­ti­vo é pro­mo­ver a diver­si­da­de cul­tu­ral, incen­ti­var a divul­ga­ção da cul­tu­ra e da cri­a­ti­vi­da­de euro­pei­as e refor­çar a com­pe­ti­ti­vi­da­de dos seto­res cul­tu­rais e cri­a­ti­vos.

Mais infor­ma­ções nes­te sítio WebMeca­nis­mo de Garan­tia para os seto­res Cul­tu­rais e Cri­a­ti­vos

*A pre­sen­te infor­ma­ção cons­ta do Bole­tim Infor­ma­ti­vo da Repre­sen­ta­ção da Comis­são Euro­peia em Por­tu­gal.

Fon­te.