Centro de Estudos Cinematográficos
PressKit ComboioDeSalEAçúcar

Comboio de Sal e Açúcar” de Licínio Azevedo

Com­boio de Sal e Açú­car é um wes­tern afri­ca­no que che­ga às salas por­tu­gue­sas a 28 de setem­bro. Roda­do em Moçam­bi­que numa co-pro­du­ção inter­na­ci­o­nal lide­ra­da por Por­tu­gal, o fil­me já pas­sou por mais de 20 fes­ti­vais, ten­do estre­a­do em Locar­no e arre­ca­da­do pré­mi­os em Joa­nes­bur­go e Cai­ro, nas cate­go­ri­as de Melhor Fil­me e Melhor Rea­li­za­dor. Vai estre­ar ain­da este ano nos Esta­dos Uni­dos, Suí­ça e Fran­ça. É exi­bi­do no Mini-Audi­tó­rio Sal­ga­do Zenha no pró­xi­mo dia 12 de Outu­bro às 22:00. A entra­da é livre.

fusoes

Ciclo “Fusões no Cinema” dedicado à Literatura

O Ciclo de Cine­ma — Fusões no Cine­ma — orga­ni­za­do pelo Cen­tro de Estu­dos Cine­ma­to­grá­fi­cos e os Cami­nhos do Cine­ma Por­tu­guês irá reto­mar na pró­xi­ma sema­na e será dedi­ca­do ago­ra à Literatura.

Come­ça quin­ta-fei­ra dia 12 de Outu­bro às 22h00 no Mini-Audi­tó­rio Sal­ga­do Zenha da AAC, com a estreia em Coim­bra do fil­me Com­boio de Sal e Açú­car de Licí­nio Aze­ve­do, rea­li­za­dor e escri­tor que adap­ta a sua pró­pria obra lite­rá­ria ao cine­ma. Depois ire­mos via­jar até à lite­ra­tu­ra fran­ce­sa com Albert Camus, autor que alguns clas­si­fi­cam como um apai­xo­na­do pela exis­tên­cia, cuja obra adap­ta­da Lon­ge dos homens tem ban­da sono­ra ori­gi­nal com­pos­ta por Nick Cave e War­ren Ellis.

O Ciclo que terá lugar todas as quin­tas-fei­ras de 12 de Outu­bro a 9 de Novem­bro, inclui­rá tam­bém obras adap­ta­das ao cine­ma de Luiz Ruf­fa­to, Fer­nan­do Pes­soa e José Sara­ma­go. Além dis­so, terá uma ses­são espe­ci­al para o dia das bru­xas, dia 31 de Outu­bro à 00h00, com A Ins­ta­la­ção do Medo de Ricar­do Lei­te e o fil­me pro­ta­go­ni­za­do por Nuno Melo, O Barão de Edgar Pêra que explo­ra a obra de Bran­qui­nho da Fon­se­ca num regis­to que res­sus­ci­ta o expres­si­o­nis­mo ale­mão dos anos 1920.

Flyer UCoimbra 2017 Page 1

Cinanima · Pré-Festival em Coimbra

O Cen­tro de Estu­dos Cine­ma­to­grá­fi­cos e a Uni­ver­si­da­de de Coim­bra asso­ci­am-se, pelo segun­do ano con­se­cu­ti­vo, ao CINANIMA — Fes­ti­val Inter­na­ci­o­nal de Cine­ma de Ani­ma­ção de Espi­nho, que vai na sua 41ª Edi­ção, nes­ta ini­ci­a­ti­va do Pré-Fes­ti­val 2017.

O CINANIMA exi­be na cida­de de Coim­bra, nes­tas qua­tro datas, um olhar sobre a sua pro­gra­ma­ção extra-com­pe­ti­ção des­te ano. O Fes­ti­val decor­re­rá entre os dias 6 e 12 de novem­bro na cida­de de Espinho.

As ses­sões decor­re­rão às ter­ças-fei­ras às 21:30 com entra­da livre no Mini-Audi­tó­rio Sal­ga­do Zenha (Piso 0 da AAC).

A pro­gra­ma­ção para a exten­são do Cina­ni­ma na Aca­de­mia de Coim­bra é a seguinte:

3 de Outubro
— Selec­ção Pre­mi­a­dos CINANIMA 2016

10 de Outubro
— “10 Anos do Estú­dio de Ani­ma­ção da Aca­de­mia de Belas Artes” — Áustria

17 de Outubro
— “CSC Ani­ma­zi­o­ne — Cen­tro Spe­ri­men­ta­le di Cine­ma­to­gra­fia Pie­mon­te — Nati­o­nal Scho­ol” — Itália

24 de Outubro
— “Best of KAFF — Kecsk­mét Ani­ma­ti­on Film Fes­ti­val” — Hungria

a gloria de fazer cinema 11

Ciclo “Fusões no Cinema”

O Ciclo “Fusões no Cine­ma” reto­ma a pro­gra­ma­ção num con­jun­to de temá­ti­cas que apre­sen­tam vári­as fusões artís­ti­cas, cul­tu­rais e soci­ais na ima­gem em movi­men­to. Com espe­ci­al des­ta­que para obras cine­ma­to­grá­fi­cas naci­o­nais e este mês, à músi­ca, per­cor­re­mos por entre tra­di­ções, rock conim­bri­cen­se e via­gens pelas estra­das por­tu­gue­sas, pers­pec­ti­vas e mun­dos de alguns artis­tas naci­o­nais que pro­cu­ram o seu rumo.

O ciclo come­ça já hoje e irá pro­lon­gar-se até dia 15 de Dezem­bro no Mini- Audi­tó­rio Sal­ga­do Zenha na Asso­ci­a­ção Aca­dé­mi­ca de Coim­bra com ses­sões às Ter­ças e Quintas.

Entra­da é gratuita.

image 32917

Cinema de Animação no Pólo 2

Na rec­ta final de pre­pa­ra­ção para a edi­ção XXI do Cami­nhos Film Fes­ti­val anun­ci­a­mos uma nova opor­tu­ni­da­de para o públi­co de Coim­bra ver o que de melhor foi exi­bi­do nas ulti­mas edi­ções do fes­ti­val na cate­go­ria de ani­ma­ção. Em cola­bo­ra­ção com a Asso­ci­a­ção Olho de Vidro serão sete as cur­tas exi­bi­das na pró­xi­ma quin­­ta-fei­­ra às 21horas no Cen­tro Cul­tu­ral Casa da Pedra, jun­to ao Pólo II.

De 19 de Abril a 28 de Junho pelas 22 horas. Entrada Livre

Ciclo de Cinema — Marginalidades

De 19 de Abril a 28 de Junho, todas as quin­tas-fei­ras pelas 22 horas, decor­re­rá o ciclo de cine­ma “Mar­gi­na­li­da­des”, inte­gra­do no pro­gra­ma cul­tu­ral da Quei­ma das Fitas 2012. Abar­can­do temas frac­tu­ran­tes, que pela for­ça das suas ima­gens, vivên­ci­as dos seus per­so­na­gens ou vio­lên­cia dos seus con­tex­tos, dese­nham retra­tos rea­lis­tas da con­di­ção de uma fran­ja da popu­la­ção. A pro­gra­ma­ção do ciclo retra­ta clas­ses soci­ais for­te­men­te opri­mi­das, ou rele­ga­das para uma cer­ta marginalidade.